Páginas

sábado, junho 26, 2010

Cuspido e escarrado

A expressão pode ser feia, mas seu uso é engraçadinho.
Quando duas pessoas são muito parecidas nossos avós diziam ... um é a cara do outro, cuspido e escarrado.
Segundo consta, a origem dessa expressão é um jogo de palavras. 
Deriva de "esculpido em carrara".  Michelangelo, artista italiano, fazia suas esculturas em mármore de carrara, e replicava à perfeição cada detalhe humano.
"Esculpido em carrára", portanto, significava "igualzinho".
Algum engraçadinho, talvez o Ernesto (do Assertiva), deve ter deturpado a expressão depois de alguns chopps lá no Genial da Vila Madalena.
(mas que falta do que postar ...)

13 comentários:

Paulinha Costa disse...

Madruguento de plantão! Bj e vai dormir!

Letícia Alves disse...

Bom descanso e boa noite!
Vai dormir! rs
Beijos Tempestuosos!

Unknown disse...

kkk arguta tbm é cultura, alias é só cultura!!!

gostei de saber.

bjosss...

Batom e poesias disse...

Concordo.
:)
bjcas

rossana

Cris disse...

Mas que falta do que postar.....af


às vezes todo mundo fica assim: cuspido e escarrado nessa inércia intelectual...haha

Luna Sanchez disse...

Essa eu sabia! ;)

Outras também já foram explicadas, como "Batatinha quando nasce, esparrama pelo chão", sendo que o correto é "Batatinha quando nasce, espalha a rama pelo chão", e "Quem tem boca vaia Roma", ou seja, critica, e não "...vai a Roma".

Isso mudará nossas vidas! Rs

Beijo, beijo.

ℓυηα

Ju ♥ disse...

putz, tem muuuita expressão q usamos hj q é totalmente deturpada do real sentido ou da real escrita, como queira...

mas será q tudo é culpa do Ernesto? kkk

Isadora disse...

Eu já conecia a expressaõ correta, mas de fato foi uma adaptação e tanto - rs.
Um beijo

Miguel Arigó disse...

Eu já ouvi tb outra explicação:
'Esculpido e encarnado'.

Suzana disse...

Confusão similar ocorre com "de cabo a rabo".
"de Cabo (Cidade do Cabo - África) a Rabá - capital do Marrocos", mas a idéia é de um ponto a outro.

(na falta de um comentário mais adequado)rsrsr

Eri disse...

A gente usa muito aqui no nordeste. Mainha diz que eu sou cuspida e escarrada meu pai :)

Taís disse...

É a gente deturpa os ditos e pior, eles já nem fazem sentido! Esculpido em carrara faz sentido, mas qual é o sentido de cuspido e escarrado quando queremos dizer que alguma coisa é igualzinha a outra?
Repetimos sem nem pensar mesmo.

Ana SSK disse...

Eu gostei da postagem! Acho método interessante saber de onde vêm essas coisas esquisitas que falamos...