Páginas

segunda-feira, setembro 15, 2008

Pequenas Férias

Imaginem um fluxo contínuo e denso de tarefas, como se fosse um rio de pomada Hipoglós.
Agora, vilsumbrem um homem com um enorme cajado, decidido a abrir uma brecha nesse grande rio, tal qual Moisés fez um dia com as águas do Mar Vermelho.
Esse sou eu, em busca de uma semaninha de férias.
Não sei bem como é que Moisés fez com as águas, mas no meu caso, as tarefas se amontoaram para antes e depois das férias.
Por isso andei meio ausente.
E, agora, em férias, vou dedicar-me ao prazer de escrever o sexto capítulo do Rastro do Butadiêno.
Aguardem ...

6 comentários:

Ti disse...

Pequenas férias... Grandes prazeres da vida!!!

Beijos

Érica disse...

adoro esse povo que pode tirar férias no meio do ano... coisa chique... eu, tenho que esperar as coletivas do final de ano... lerê, lerê...
APROVEITEEE!!

Udi disse...

Afe! Pomada hipoglós não flui... essa imagem me desperta uma certa aflição!

Suzana disse...

Hipoglos nao combina com ferias.

Amanda Arthur disse...

Enjoy!
Mas... Não dá pra mudar o exemplo pra outra coisa? Ando meio enjoada do cheiro de pomada Hipoglós... Urgh!

Érica disse...

hahahahahaha, mas que a comparação foi boa, isso foi, pq Hipoglós não é nada... fluido. (ai, não achei a palavra!)