Páginas

quarta-feira, maio 24, 2006

Arguta apresenta: “As aventuras de Brand” (Vida de Cão)


Atendendo a pedidos, estou postando a historia da cadelinha “Brand”, que contei durante a apresentação que fizemos pela manhã no evento sobre Internet (patrocínio UOL) no Hotel Unique, em São Paulo.

Brand é uma simpática cadelinha de raça que mora, cercada de amor e carinho, em uma pequena casa no bairro do Paraíso.
Os donos tratam Brand como se fosse uma filha, sempre bem cuidada, banhada e alimentada.
Brand cresceu bonita e charmosa, chamando a atenção de todos que tinham contato com ela.
Uma vez por semana, na porta da casa de Brand, acontecia uma feira livre.
Era o dia em que Brand fazia a festa. Seus donos deixavam que saisse para passear na feira onde, em função de seu charme, a cadelinha recebia atenção e comida de todos os feirantes e fregueses.
Um dia, Brand pensou que seria muito bom viver na rua, livre da ditadura do lar.
Não que Brand fosse ingrata, mas a verdade é que aquele monte de regras e restrições que seus donos entendiam como cuidado eram um tanto aborrecidos se comparados à festa que era seu “dia de feira”.
Seduzida pelo imediatismo, Brand fugiu de casa.
Nos primeiros dias, tudo foi muito divertido.
Brand, sempre fofinha, era acolhida e mimada onde quer que estivesse. Andava felicíssima.
Mas o tempo foi passando e Brand, sem os cuidados do dono, foi perdendo seu charme.
O pelo cresceu e ficou sujo. Vieram as pulgas. Os machucados....
Em algumas semanas Brand estava parecida com qualquer outro cachorro vira-latas.
Então Brand descobriu que o mundo sabe ser muito duro com quem não tem uma boa imagem. Quando conseguia chamar a atenção, era de forma negativa. Ninguém mais a queria por perto e nem lhe dava comida.
E nossa querida cadelinha Brand foi definhando.
Até que um dia, Brand passava por perto de sua antiga casa, de cabeça baixa e olhos tristes, pensando em como era boa a vida no tempo em que se deixava cuidar. E, para sua sorte, seu dono saia de casa nesse exato momento. Demorou para reconhecer sua Brand mas, enfim, resgatou-a feliz.
Foi necessário muito trabalho para recuperar a Brand e, aqui entre nós, ela nunca mais foi a mesma depois dessa trágica experiência.

Moral da história: Uma promoçãozinha de vez em quando pode até fazer a vida da marca mais interessante, mas em excesso acaba com ela !

3 comentários:

Isis - Monitor disse...

Olá Flávio!
Adorei o conto da Brand!
Me fez lembrar Casas Bahia. Tudo naquele lugar está sempre em promoção!
Conheci seu blog através do Mídia News e gostei muito, farei visitas sempre!
Viu só, o MN é um ótimo veículo de divulgação!
Beijo!

Flavio Ferrari disse...

Que bom que você gostou ...
Ainda não ví o novo MN mas estou certo de que ficou ótimo.
É muito importante podermos dispor de um canal de comunicação dentro da empresa.
Volte sempre, e convide seus amigos ...

Anônimo disse...

Looks nice! Awesome content. Good job guys.
»