Páginas

sexta-feira, maio 05, 2006

O Porradódromo

Em busca das melhores práticas para convivência de nossos recursos humanos encontro, depois da coqueluche dos Fumódromos, o revolucionário conceito do Porradródomo.
Trata-se de um pequeno espaço dedicado à solução de conflitos onde os funcionários podem, de maneira reservada, discutir apaixonadamente seus pontos de vistas divergentes em busca de consenso.
O investimento necessário para construção de um Porradródomo é relativamente pequeno.
Um espaço de aproximadamente 9 metros quadrados é suficiente e recomenda-se que seja reservado em área próxima ao ambulatório da empresa.
A área de Recursos Humanos sugere o isolamento acústico, revestimento das paredes com material capaz de absorver impactos, piso lavável e total ausência de objetos perfuro-cortantes.
Empresas que adotaram o Porradródomo apontam para uma sensível redução no número de e-mails acusatórios com cópia para a diretoria.
Aderbal da S. (também conhecido como Maguila), funcionário de uma grande corporação e usuário regular do Porradródomo, afirma com voz fanha:
- É buito divertido !

3 comentários:

Anônimo disse...

Este é o velho Flávio....

zanborea

Alberto A V Alves disse...

Boa idéia. Poder-se-ia tambem fazer uso de alguns bonecos caracterizados com a possibilidade de se colocar a "cara" do sujeito que tivessemos alguma aresta para aparar.

Muito bom...

Anônimo disse...

Nice idea with this site its better than most of the rubbish I come across.
»