Páginas

domingo, abril 27, 2008

Almoçando Política


E justo eu, que não sou assim tão chegado em política, almocei com o Ciro Gomes à convite da Consulting House nessa última 6a. feira.
Sujeito inteligente e muito articulado. Até bastante franco e direto para um político de carreira.
Não concordei com boa parte de suas idéias à respeito da economia e dos impostos, mas tenho que admitir que ele as defende com segurança e coragem, mesmo diante de uma platéia com formação para contestá-lo.
Dificilmente será eleito presidente. Não é carismático o suficiente, e ser sincero e direto não conta pontos na política brasileira.
Mas seria alguém que eu certamente convidaria para equipe, se fosse eleito a um cargo executivo, principalmente em função se sua visão clara e inteligente dos meandros da política interna e externa.

6 comentários:

Udi disse...

ok, levarei em consideração a sua poderosa intuição.

Suzana disse...

Ele estudou?
Eu votaria nele.

Raquel Neves de Mello disse...

Sei não. Tô velhaca.

alberto disse...

Sei não. Acho que precisamos sim é de pessoas honestas em todas as esferas do "puder". Carismáticos, populistas, emblemáticos, articulados e articulistas, estou de "Sac... cheio". Quero gente honesta, séria, pode até não ser articulada, mas que tenha decência e caráter, onde a honestidade não seja simplesmente tratada como uma virtude, mas sim um princípio, um pré-requisito, uma obrigação.

Jorge Lemos disse...

Sei não também. Num é que ele, inteligente como é, levou a sogra e a familia para brincar o carnaval com o dinheiro público.
Veja principe: o caminho do poder encurta a ética e a moral.

Jorge Lemos disse...

Errei. Não foi o Ciro, mas o irmão dele.