Páginas

sábado, dezembro 03, 2011

Sobre as pedras ...

Não são as pedras do caminho
Que contornamos ou escalamos
Nessas, a águia faz seu ninho
Mas as que nós mesmos colocamos
A cada pequeno gesto mesquinho
Quando enfim nos declaramos
Incompreendidos e sozinhos
Para as quais nos acabamos
É o que o poeta diz ...
O fim de tudo começa
Com o medo de ser feliz.