Páginas

sexta-feira, janeiro 26, 2007

Crônicas da vida empresarial: personagem 1 - Dona Constância

Constância não desperta a atenção de pronto.
Ninguém sabe ao certo quantos anos tem e a quanto tempo está na empresa.
Parece que sempre esteve alí, na vida e no escritório.
Sua atitude séria, porém simpática, resulta num ar confortavelmente familiar.
A gente sente logo que pode contar com ela.
- Pede p'ra Dona Constância ... - é a expressão mais comum nos momentos de necessidade.
Ela sempre sabe onde estão arquivados os documentos, sua agenda de telefones é um verdadeiro ninho de fornecedores confiáveis para serviços episódicos e sua memória é balsâmica.
Mas sua principal característica é a persistência.
Se você tem uma tarefa que precisa ser cumprida, passe para a Dona Constância. Ela nunca desiste, mesmo que você sugira o contrário.
- Agora é uma questão de honra, Dr. Almeida. Resolvo isso ou sim ou sim !
Mas engana-se que imagina que Constância seja uma rotunda senhora de temperamento germâncio e humor russo.
Dona Constância tem traços delicados e maneirismos suaves, além de uma tranquilidade que só não é enervante porque vem acompanhada de um inquestionável dinamismo. Constância não para. Ela já está no escritório quando chegamos e nunca é a primeira a sair (exceto às quartas-feiras, quando religiosamente deixa o escritório as 18h35 para um compromisso semanal cuja natureza ela preserva com elegantes evasivas).
- É coisa pessoal ... prefiro não comentar. Mas não é nada que mereça sua curiosidade - ela costuma dizer para quem pergunta.
Aliás, essa é outra característica da Constância da qual poucos se dão conta: ninguém sabe nada a seu respeito.
Esse fato não costuma chamar a atenção porque ninguém, de fato, se interessa por saber.
Mas é como o Jailton, já navegando num mar de chopp no finalzinho de um happy hour comentou:
- Ouçam o que eu digo: essa mulher esconde grandes surpresas. Ninguém sabe nada dela e nem se lembra de perguntar. Mas eu conheço ... eu conheço ... Ela ainda vai dar um susto.

(aguardem a descrição do próximo personagem)

3 comentários:

udi disse...

ôpa! esta série promete bater índices de audiência... já despertou uma curiosidade!

Anne disse...

Jailton acaba de comprovar uma 'descoberta' que recebi hoje de manhã!! :-) No perigo de apanhar... Foi descoberto que a cerveja aumenta a feminilidade do homem... Será que a qualidade dita feminina do Jailton de fofoqueiro comprova isso? E será que a 'loirinha' aumenta a masculinidade das mulheres??????

doppiafila disse...

Ótimo! Já vejo o livro nas livrarias: a new novel by Flavio Ferrari... ;-)