Páginas

quinta-feira, maio 08, 2008

Fear and Loathing in Las Vegas


Então ... segui o conselho da Érica e resolvi assistir um DVD.
Recomendação do Rodrigo. Um filme baseado na reportagem feita por Hunter Thompson para a Revista Roling Stones em 1971, inaugurando um gênero "jornalístico" que veio a ser batizado de "Gonzo" (segundo a Wikipedia, o termo é irlandês e designa o último homem a ficar em pé depois de uma maratona de coletiva bebedeira).
O estilo se caracteriza por reportar a experiência vivida pelo jornalista, sem nenhum compromisso com a objetividade ou a realidade.
Thompson, na ocasião (e creio que a vida toda) consumia todo o tipo conhecido de drogas, full time.
A matéria prometida para a revista era a cobertura de uma corrida de motocicletas no deserto.
Thompson, alucinado, gastou todo o dinheiro em drogas, destruiu vários quartos do hotel, saiu sem pagar, não cobriu a corrida e descreveu sua experiência em uma série de artigos para a revista.
O momento era adequado (anos 70) e Thompson, que já era razoavelmente famoso, lançou o estilo.
Estou escrevendo essa postagem enquanto assisto o filme.
Aflitivo, desconcertante, desconexo, disruptivo.
Um filme para poucos, nos dias de hoje.
Provavelmente os mais jovens e desconectados do mundo convencional.

13 comentários:

Suzana disse...

Esta sugerindo ou nos eliminando?

Udi disse...

e aqueles que são só desconectados do mundo convencional?

Udi disse...

Suzana e eu a 10 minutos de distância.

Érica disse...

E ainda com Johnny Depp e Benicio Del Toro??????????????

VOU NA LOCADORA AGOOOOOOOOOORA!

(Quem é o diretor? Tcho descobrir...)

Érica disse...

Terry Gilliam
Foi membro da trupe inglesa de comédia Monty Python, tendo obtido notoriedade dentro do grupo por ser o responsável pelas seqüências de animação do programa televisivo Monty Python's Flying Circus.

Gilliam também é conhecido pelos elementos surrealistas empregados em seus filmes.


2005 - Os Irmão Grimm
1995 - Os 12 macacos

(eu adoro o Wikipedia!)

Anne M. Moor disse...

Count me out! A vida já é bastante desconexa... :-)

Ernesto Dias Jr. disse...

A perguntinha que não quer calar:

Tem happy end????

Jorge Lemos disse...

Pela experiência?
Concretamente desconcertante.

Aguardado Anne. Ernesto organiza.

Flavio Ferrari disse...

Não sei se dá para chamar de final feliz... mas também não é nenhuma tragédia.
Quando é que a Anne chega ?

Anne M. Moor disse...

Sexta feira que vem, dia 16...

Udi disse...

gentes, talvez viaje na sexta. independente dos encontros durante o finde, podemos marcar uma happy durante a semana?

Gui Ferrari disse...

to adorando isso aqui!!!
todo mundo falando de cinema? amei!

então, pai, posso colocar esse post no blog audiovisueiros? bjão!

Flavio Ferrari disse...

Claro que pode ... mas vai baixar o nível do seu blog ...