Páginas

sexta-feira, setembro 11, 2009

Para sempre

No filme, a garota surtada, logo após o casamento, diz para a irmã:
- Fiz uma bobagem ... prometi viver para sempre com o meu parceiro de tenis (o noivo, com quem casou)....
Frase lapidar que define o medo do compromisso, o pavor do "para sempre".
Ela devia estar pensando:
- E se o professor de pilates for mais gostoso ? E se eu enjoar de tênis ? E se eu mudar de idéia ?
Com medo do "para sempre" deixa de viver gostosamente o "agora".
Vinicius, um eterno apaixonado, resolveu o problema:
"Que não seja imortal, posto que é chama, mas que seja infinito enquanto dure"
Isso não quer dizer que, obrigatoriamente, perecerá. Mas sugere que aproveitemos enquanto existe.
Mas do que estamos falando mesmo ? Da relação ? Da paixão ? Do amor ?
Relações e amores podem durar para sempre.
Já as paixões são efêmeras. É a sua natureza. Mas ainda assim podem se renovar.
O importante é seguir o conselho do sábio poeta ... deixar de se preocupar com o tempo na horizontal e vivê-lo na vertical.

8 comentários:

Sentimental ♥ disse...

e 'que seja eterno enquanto dure' amém.
bjs

Paula disse...

É bom que saibamos viver tanto na vertical como na horizontal...
Abraço

Solange Maia disse...

Enquanto alguns preocupam-se em entender, outros preocupam-se em VIVER as relações...

E que sejam incríveis !

Afinal, é o que importa...

beijo Flávio...

Ava disse...

Um Flávio profundo e reflexivo...


E verdadeiramente verdareiro em suas palavras...


Muito bom ler voce...



Beijos!

Lu disse...

"Para sempre" é tempo demais.
Mas prefiro os amores e as relações sedimentadas às paixões, que realmente são efêmeras na sua essência.
Além de que, é inerente, elas irão mesmo se renovar e ainda serão efêmeras.
Mas não me furto à vive-las. Impossível.
Talvez procuro sedimenta-las, sem me preocupar com o tempo que isso possa demorar ou durar... e quando isso tudo passar, já terei vivido, até o fim.

Mr. Almost disse...

Well,

Há momentos, simples instantes, que são eternos; e há eternidades que logo-logo acabam.

That's life!

Anne M. Moor disse...

FF, :-) Very well put!!!

Beijos

Érica Martinez disse...

"até que a morte os separe" dá mais medo ainda! Geeeeeeeeeeez!