Páginas

terça-feira, dezembro 15, 2009

A pedidos ...

(texto inspirado em um episódio de "Two and a half man")

Terminando tudo

Julio sozinho no palco aguardando Laura com um ar angustiado ...

- É sempre muito chato .... Terminar um relacionamento é difícil ... Ainda se fosse pelo computador ... Era só bloquear a pessoa no MSN e pronto ... Não existe mais ... E o pior é que a Laura é bem bacaninha ... Boa pessoa ... Bonitinha .... Gostosinha .... Um docinho de coco ....Mas, com todo respeito ... Experimenta comer doce de coco tooodo dia, no almoço e na janta ! Chega uma hora que a gente fica doido por um sashimizinho, uma macarronada, um bolinho de bacalhau, uma moquequiinha, um filezinho mingonom ( mexendo com algumas garotas na platéia).
Mas, falando sério ... A gente perdeu aquela coisa, sabe ? Aquela .... Coisa .... Sabe ?
O sexo ta meio sem graça ... Papai e mamãe com sono depois do Faustão .... E ela é super quadradinha, entende ? Ainda se topasse um ménage, um swing para apimentar a coisa ...
Tem uma amiga dela, a Regininha ... aquela sim topa tudo ! Quem sabe depois de terminar com a Laura eu bato um papinho com ela ...
E falando em papo, a gente já anda meio sem assunto... ... Choveu né?..... Ô ! E o trânsito, então ? Um desalento !
Diversão, então ... nada ! Assistir televisão fazendo conchinha é o ponto alto do dia. No máximo, encomendar uma pizza depois. Pegar um teatro, sair para dançar ... nunca topa nada ...
Fico com pena, mas é melhor terminar logo ... Nem é por mim ... É mais justo para ela, sabe ?
Agora .... Não sei como ela vai reagir ... Ela é doidinha por mim ... Apaixonadíssima ... E não tem a menor idéia do que está acontecendo ... Espero que não faça uma cena ... Fique violenta ... Tenha um chilique, faça um drama ... Sei lá .... Mulher é sempre tão complicado ...
Ela vem vindo aí .... Coragem ...

Laura entra toda feliz , se aproxima e dá um beijo selinho carinhoso no Julio ....

- Oi delícia ? Tudo bem aí ?
- Tudo bem, e você ?
- Tudo ....

Os dois sorriem um para o outro em silêncio alguns segundos até que o Julio diz:

- Choveu, não é ?
- ô ......

Mais uns segundos de silêncio e Laura toma coragem ...

- A gente precisa conversar sobre a nossa relação ....

Julio reage com surpresa.

- Como assim ?

Laura se aproxima e fala carinhosa, como se não quisesse chatear o Julio.

- Não sei .... A gente perdei aquela coisa .... Sabe?

Julio fica irritado.

- Que ¨coisa? E lá a gente tem alguma coisa ?
- Ah ,,,, você sabe o que eu quero dizer .... A gente percebe .... No sexo, por exemplo ....

Julio fica na defensiva, meio assustado.

- Sexo, que sexo ... Como assim, sexo ? Nosso sexo é ótimo !!!
- Não fica ofendido, querido .... É bom, sim ... Mas está ficando meio repetitivo .... Sem graça ....Sabe o Fantástico ? O nome promete ... Mas não tem nenhuma novidade ....
- Pô , Laura ... Como é que você pode dizer isso ? Até de bombeiro eu já me vesti, com mangueirão e tudo !!!!
- É... Da primeira vez foi legal .... Mas na quarta já não tinha mais fogo para apagar .... - meio displicente.

Júlio fica mudo de indignação.

- E, depois ... A gente não tem mais assunto, não é ?
- Como não ? Como não ? Ontem mesmo a gente conversou sobre aquela matéria da veja, qual foi mesmo ? A do índice pluviométrico...
- É ... Sobre as chuvas ....

Julio parte para o ataque.

- Mas o que é que você está querendo ? Acabar com o nosso relacionamento ?
- Ah ... Não sei .... Queria mudar alguma coisa .....
- Deixa de ser cara de pau, Laura ... Você deve é estar deve é estar de olho noutro cara lá do seu escritório e fica ai enrolando ....
- Não, meu docinho de coco ..... Só acho que a gente podia variar um pouco ....

Julio fica assustado ...

- Variar ???? Como ???
- Sei lá ... experimentar alguma coisa nova .... sabe aquela minha amiga, a Karina, aquela loirássa ... e também tem o Betão, com aquelas pernas gostosas.... – com uma carinha ingenuamente alegre
- Você está doida ??? E isso é coisa de mulher séria ??? Deve ser aquela tal de Regininha que anda botando coisa na tua cabeça !!!
- Ela e o marido se divertem bem mais do que a gente !!! – Laura responde desafiadora.
- Aquela piranha é casada ? Coitado do marido ... Mas NUNCA que eu ia querer alguma coisa com ela !!!

Laura resolve pacificar. Chega perto do Julio, dá um beijinho na orelha e fala com carinho.

- Ah .... delícia .... deixa para lá, vai ... Eu amo você e adoro a nossa relação ...

Julio faz uma cara de ofendido arrependido, põe as mãos na cintura da Laura e diz olhando nos olhos:

- Jura que você me ama ?
- Juro !
- Promete que não vai me trocar por outro ?
- Prometo ! – beijando duas vezes os dedos cruzados

Julio dá um beijo carinhoso na Laura e diz:

- Ta bom meu amor ... vamos esquecer esse assunto e ir para casa assistir um filminho no sofá e quem sabe, pedir aquela pizza de ricota com nozes que você adora ...
Julio dá uma piscadinha para a platéia e vai levando Laura para fora da sala. Laura sai dizendo para Julio:
- Pizza de novo ? A gente não podia ir a um teatro para variar um pouco ?

Saem da sala.

7 comentários:

uniscmedicina2 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carla P.S. disse...

Muito bom!
Tem o dom, deveria escrever peças teatrais!!

Ava disse...

Podemos rejeitar... jamais ser rejeitados...

Coisa que nem Freud explica...rs

Delícia de post...

Beijos!

Batom e poesias disse...

Homens são muito engraçados...

bjs

Rossana

Ti disse...

Divertidíssimo!!!

Beijos inspirados no delicioso escritor!!!

Sentimental ♥ disse...

ricota com nozes? eu também ia preferir teatro.
bjs

Anne M. Moor disse...

Acho que nem Freud explica rsrsrsrsrs

Beijos
Anne