Páginas

sexta-feira, agosto 03, 2012

Coisas gostosas que não custam nada

(uma pequena lista preparada para a amiga blogueira Andrea Beheregaray)


Procurar estrelas cadentes no céu de uma noite sem lua
Observar a mulher amada secando os cabelos, nua
Colocar um barquinho de papel na água que corre ao meio-fio da rua
Entregar-se, num momento de paixão que desvirtua
Desobrigar-se das rimas
Caminhar sem destino, esquecido das dores
No parque ao cair da tarde
Sentindo o aroma das flores
Trocar carícias
Abraços, beijos
Purezas e malícias
Respirar profundamente
Suspirar
E espirrar sem pudores
Descobrir os prazeres do corpo
Aceitar os desejos da alma
Comer morango e framboesa
Desvencilhar-se do pecado e da culpa
Observar a beleza
Amar-se para poder amar

12 comentários:

Única e Exclusiva disse...

Desejo de consumo, viver assim... imprimir e colar no meu espelho.

Obrigada por compartilhar... forte abraço.

Anne disse...

Gostei!

Helem Lara disse...

Deitar-se no chão e olhar para o céu
Fazer massagem nos pés de quem ama
Dar risada junto com uma criança
Ouvir os pássaros e entrar na dança...

e daí? disse...

tb uma meta, (conseguir) viver assim...so posso desejar um fim de semana cheio de tudo isso...bj

Flavio Ferrari disse...

Que honra ... colado no espelho ;-)

Flavio Ferrari disse...

Já sei que você faz muitas destas coisas, Anne ...

Flavio Ferrari disse...

Quase coloquei a criança, Helem ...

Flavio Ferrari disse...

Um momento de cada vez, Andrea ...

Glaura disse...

Cochilar no sofá ouvindo a conversinha das filhas ao longe...

Andréa Beheregaray disse...

Muito bacana!
Desobrigar-se das rimas...

Adorei!!!!

Batom e poesias disse...

Exceto pela parte da mulher nua, eu quero fazer tudinho.
;D

Bjcas

Rossana

Sentimental ♥ disse...

coisas gostosas q fazem a diferença...
agora fiquei com vontade de ver o barquinho descendo a rua pela água do meio-fio.