Páginas

domingo, dezembro 10, 2006

O respeito aos mais velhos


Quando minha mãe era criança minha avó lhe dizia, na hora do jantar, que o bife maior deveria ser deixado para meu avô, porque ele trabalhava para sustentar a família.
Nos dias de hoje, deixaríamos o bife maior para nossos filhos, que estão em fase de crescimento.
Mesmo sem pensar, estamos passando valores aos filhos em momentos como esse.
Traçando um paralelo, quando as empresas passam a valorizar o "sangue novo" e as "idéias arejadas" dos novos profissionais, em contraposição à "experiência" dos mais velhos, também esta´contribuindo para construção de um sistema de valores diferentes.
O resultado é que, grande parte das empresas aposenta compulsoriamente seus executivos de maneira automática, em muitos casos bem antes do que necessário, perdendo a oportunidade de conciliar de forma sinérgica a energia e a sabedoria.
Pessoalmente, conheço alguns profissionais "seniors" que poderiam dormir sobre suas escrivaninhas o dia inteiro e serem acordados para responder uma pergunta por ano, e ainda assim valeriam seu salário.
Empresas que sabem identificar e manter esses talentos maduros garantem um diferencial competitivo significativo em relação a seus concorrentes.
Respeitar os mais velhos não é apenas uma questão ética, moral ou de justiça. É um sinal de inteligência (e, no caso das empresas, inteligência competitiva).

5 comentários:

Ti Bell disse...

A verdade é que a vida empresarial é sempre um ciclo... Há muito tempo que não existe criatividade, não existe inovação!!

Centralizar e descentralizar gestão, ser proprietário de todos os serviços ou terceirizar, valorizar o generalista ou valorizar o especialista, liderança sempre ou liderança situacional, valorização do jovem ou valorização da experiência...

O fato é que as empresas ainda não aprenderam a conviver com o ambiente ambíguo... A conviver com a diversidade... A buscar o melhor de cada um e em cada situação..Hoje temos que ser bons em tudo!!

Assim como criar filhos, gerir empresas também não requer receita!! Cada cultura necessita de sua própria identidade, de seus próprios valores, de seu próprio ritmo...

Não devemos valorizar os mais velhos ou os mais novos, apenas o "expertise" em ser detentor de conhecimento e o "expertise" em ser inovador....E, finalmente, ter a consciência que em uma só pessoa será impossível atender as duas competências!!

Glaura disse...

Acho que a resposta não está mesmo no ¨novo ou velho¨, ¨experiente ou inovador¨, mas sim, em uma palavra que perdeu seu sentido: respeito! Me parece que só respeitando se pode ouvir e, só ouvindo se pode aproveitar o que se nos oferece...

Ernesto Dias Jr. disse...

O velhinho agradece, hehehehehe

Flavio Ferrari disse...

Respeito é bom e eu gosto, já disse um velho deitado ...

Unknown disse...

網頁設計 網路行銷 關鍵字廣告 關鍵字行銷 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 關島婚禮 巴里島機票 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 銀行貸款 信用貸款 個人信貸 房屋貸款 房屋轉增貸 房貸二胎 房屋二胎 銀行二胎 土地貸款 農地貸款 情趣用品 情趣用品 腳臭 長灘島 長灘島旅遊 ssd固態硬碟 外接式硬碟 記憶體 SD記憶卡 隨身碟 SD記憶卡 婚禮顧問 婚禮顧問 水晶 花蓮民宿 血糖機 血壓計 洗鼻器 熱敷墊 體脂計 化痰機 氧氣製造機 氣墊床 電動病床 ソリッドステートドライブ USB フラッシュドライブ SD シリーズ