Páginas

sexta-feira, janeiro 18, 2008

Mais sobre palavras

Quando você encontrar alguém
que diga sempre (ou quase) o quer dizer,
sem rodeios
talvez com floreios
mas sem o desejo
da verdade contorcer
para seus próprios fins e efeitos
vítima de seus defeitos
vil com seus eleitos
com ou sem prazer
guarde essa joia rara
e por todos os meios
faça por merecer

11 comentários:

doppiafila disse...

Gostei! Muito boa... Um abraco, Doppia

Ti disse...

Flávio,

Lindo!! Reflexão maravilhosa...

Se a jóia for bruta, lapide...
Se for brilhante, coloque-a na luz do sol...
E se for única, desfrute ao máximo sua beleza e permita que a própria natureza a preserve e a deixe cada vez mais bela!!

Beijos

Udi disse...

Prometo que me esforçarei para fazer por merecer... e também
apurarei meus ouvidos
para que eles sejam sempre
capazes de perceber
os floreios sem rodeios

A.Tapadinhas disse...

É um bocado
complicado
guardar jóia rara
(se vale assim tanto)
sem pedir cofre de banco...
Abraço.
António

vittorio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vittorio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vittorio disse...

Deveriamos dar mais valor a simplicidade das verdades ditas.
Mas sempre ficamos consternados quando nos dizem as verdades a nosso respeito.
A tua reflexão remete ao princípio básico da comunicação, a mensagem deve ser entendida pelos agentes da comunicação, gerando desta forma uma realidade compartilhada.

Flávio pelo que li e ando lendo és a própria jóia rara.

É! disse...

quis encontrar
boas palavras para comentar
como não consigo achar
opto por calar.

Anne M. Moor disse...

Raro é saber usar as palavras com a competência que o fazes... Por isso que sempre é um prazer ler-te.

Luisa Fernanda disse...

Caro Flávio

La gacia de las palabras es que ellas son dichas en un momento, y desaparecen con el viento, mas cuando son palabras de verdad marcan el alma.

Siempre para bien, para el mal solo son las actitudes que son palabras no verbalizadas, desoes y pensamientos no concluidos.

Ni siempre las palabras deben tener IBOPE, quizás aquellas mas cuestionadas son las que transforman el mundo.

Maria disse...

E se o silêncio se impõem
vitima da verdade
superará as palavras
tornando-se o cofre
da joia que soube merecer!