Páginas

segunda-feira, janeiro 21, 2008

Reflexão de fim de noite ...

A rosa cor-de-rosa
é rosa flor
mas a rosa cor
não é dela
é só uma reflexão

_____________
inspirado pela leitura
do livro Disfonia Quântica
(de Rodrigo Ferrari)

8 comentários:

Anne M. Moor disse...

Mas continua sendo linda a cor e a rosa...

é!rica disse...

meio clichê, mas tive que lembrar do Pequeno Príncipe...
"...só se vê bem com o coração. O essencial é invisível para os olhos. (...)
Foi o tempo que perdeste com tua rosa que fez tua rosa tão importante."

Maria disse...

É desta reflexão, instante, momento, segundo, fugaz que se desenha o arco-iris no céu.
Água e luz.

Jorge Lemos disse...

Só vejo o que sinto
Pois tudo é ilusão
insidência de luz
Por reflexão

Udi disse...

o branco
da rosa branca
também é cor-de-rosa

A.Tapadinhas disse...

A rosa tem uma pesada cruz:
Por muito branca que seja,
Nunca deixa de ser rosa!

Abraço
António

Flavio Ferrari disse...

A rosa é rosa porque reflete a cor rosa e absorve os outros matizes de luz.
Rosa, portanto, é a cor que ela menos tem.
Mas nós a percebemos pelo que reflete e pensamos: ela é cor-de-rosa (ao invés de, ela é capaz de refletir essa cor).
Quis sugerir uma reflexão sobre nossas percepções e interpretações ...

É! disse...

uau! é pra refletir mesmo... mas ainda não entendi essa "física" (ou será química?) da coisa...