Páginas

segunda-feira, julho 07, 2008

To do list


Imagine um disco dividido em dezenas de pedacinhos de diversas cores.
Agora imagine que cada divisão corresponde a uma tarefa que você tem que realizar.
Na medida em que o tempo passa a gente vai percorrendo uma espiral crescente e as tarefas vão ocupando cada vez mais tempo.
As vezes me sinto assim, percorrendo um círculo, cada vez mais distante do centro.
Curioso é que a primeira vez em que essa analogia gráfica me ocorreu foi no sentido contrário.
Sentia que durante as sessões de psicanálise pulava de assunto em assunto e, quando retornava a um assunto já visitado, tratava-o de maneira mais profunda, aproximando-se do centro.
No centro, como vocês já devem ter adivinhado, estou eu.
O que leva à inefável conclusão de que o acúmulo de coisas para fazer não é lá muito positivo em termos pessoais.
Claro que essa, como toda analogia, não dá conta de explicar tudo.
Hoje à noite, por exemplo, fiz geléia de morango e estou aqui postando. Duas coisas que me fazem sentir mais perto do centro.

7 comentários:

Raffaella disse...

eu.quero.a.geléia.

sério, estou salivando aqui....

Érica disse...

Pois você se lembra da escala de Pantones? Todas em linha reta, sem nenhuma interligação entre elas... Como pular de uma pra outra até chegar no preto e branco????

Anne M. Moor disse...

Amarra uma 'corda' pra não te perder do 'eu'. Sempre temos coisas que nos trazem de volta ao centro.
Beijos centrados :-) (nem sempre!)

Suzana disse...

Eu sinto isso quando estou na Praça da Sé!
heheheh
bjs

Ernesto Dias Jr. disse...

Eu já suspeitava que você fosse um cara espirocêntrico...

Udi disse...

ôpa! pelo que já conheci de suas habilidades culinárias, essa geléia deve estar especial e distante de qualquer padrão convencional de geléia.

...e o mais legal é que, provavelmente, fazer geléia não estava na to do list!
;)

Ti disse...

Hum... Que delícia de geléia!!!