Páginas

segunda-feira, dezembro 05, 2005

Aconteceu num treinamento

Com a devida licença poética, reporto o que me contou um amigo neste final de semana ...
Ele, que trabalha em uma grande empresa, preocupada com o desenvolvimento dos recursos humanos, participou de um programa de treinamento para a equipe comercial.
Num dos exercícios de “team building” o consultor contratado propôs um exercício interessante. Distribuiu para os participantes pequenas garrafas com diferentes quantidades de água que, ao serem golpeadas por bastões de metal, produziam um som característico. Convidou os participantes a produzirem som com o “instrumento” musical. Claro, o resultado foi um ruído infernal.
Na seqüência, organizou as pessoas de uma forma especial e, como um maestro, coordenou a produção do som em uma seqüência ordenada.
Desta vez, o resultado foi uma simpática e conhecida música reproduzida como se tocada por um grupo de metalofones (xilofones de metal). Entusiasmo e emoção coletiva !
No dia seguinte meu amigo encontrou-se com o diretor da divisão, patrocinador do treinamento.
- E aí Alfredão ... gostou do treinamento ? - perguntou o diretor.
- Gostei muito – ele respondeu – principalmente do exercício com as garrafinhas. Ficou claro que o papel dos gestores é fundamental para o bom desempenho da equipe. De nada adianta uma boa equipe sem coordenação adequada. E, por outro lado, com uma boa gestão, mesmo uma equipe com instrumentos limitados é capaz de produzir bons resultados. Fiquei contente que essa mensagem tenha partido justamente da direção da empresa. Para mim e para meus colegas foi um sinal claro de que vocês identificaram um problema importante e estão transformando-o numa oportunidade de desenvolvimento da equipe, reconhecendo a relevância do papel dos diretores e gerentes para o time.
- Sim ... claro ... que bom que você gostou ... – ele pareceu um tanto hesitante. Espera só um segundinho, Alfredo.
Pegou o telefone e chamou a secretária.
- Solange ... por favor, suspenda a compra das garrafinhas.
Moral da história: nem sempre quem recebe treinamento é quem precisava receber !

3 comentários:

Alberto A V Alves disse...

O assunto é muito interessante. Passamos boa parte do nosso tempo buscando soluções para os problemas. Alguns "enooormes" e outros até ridículos, mas problemas. Dependendo do momento que estamos passando pelas nossas vidas, sequer conseguimos distiguir sua amplitude e fatalmente nos perdemos entre "montes" de problemas, papéis, estresse, trabalho...trabalho. É neste ponto que acredito seja muito importante a figura do..., por que não dizer "maestro" das empresas???? O Gerente/Diretor que tem ou deve ter também a função de coordenar sua(s) equipe(s) de modo que todos possam dar o seu melhor, o seu máximo e o que é muito importante poder "experimentar" e "sentir" os resultados. Isto motiva a equipe.

Moral desta estória, para ser um bom gerente/diretor não bastam somente os conhecimentos necessários ao negócio, precisam ser muito melhores como pessoas, que entendam como as pessoas funcionam e como cada uma deva e mereça ser tratada.

Anônimo disse...

Welcher befriedigend topic viagra wirkungszeit cialis billig kaufen [url=http//t7-isis.org]cialis preis[/url]

Anônimo disse...

hi all
http://www.tor.com/community/users/jayroblumbsoc1971
http://www.tor.com/community/users/perpotuca1977
http://www.tor.com/community/users/bircirebu1986
http://www.tor.com/community/users/morawament1977
http://www.tor.com/community/users/evtranetcui1978