Páginas

domingo, dezembro 21, 2008

O ciclo reverso da vida



Melhor seria nascer velho e doente para, desde cedo, conhecer o valor da saúde e a importância de cuidar-se.
Ai, ir rejuvenescendo aos poucos, recuperando a saúde e aproveitando a aposentadoria para observar o mundo.
Depois, trabalhar bastante, realizar grandes coisas e viver amores maduros.
E ir desaprendendo todas as regras e impossibilidades até chegar à adolescência, no furor dos hormônios e na melhor das disposições.
Curtir adoidado os anos dourados e descançar nos braços da mamãe, agarrado no cobertor predileto e de chupeta na boca.
Até voltar para o conforto infinito do útero materno e desaparecer num orgasmo.

(imagem: http://www.dzoo.uevora.pt)

16 comentários:

Anne M. Moor disse...

Já dizia meu tio!

Feliz Natal meu amigo.

Flavio Ferrari disse...

ps - O pensamento não é original (me pergunto se algum seria). Recebi algo assim por mail algum tempo atrás ... quem sabe do tio da Anne.
Lembrei-me do conceito ontem, enquanto assistia um filme.

Ernesto Dias Jr. disse...

Se não me engano, é uma crônica do Veríssimo filho. Começar a vida com sabedoria e acabá-la numa grande trepada.
Mas, como diz sua sábia mãezinha, envelhecer é ruim, mas a alternativa é pior.

Fernanda disse...

Seria excelente!

Udi disse...

Tem um poema que fala sobre isso não é?
Anyway, vai de encontro ao que eu comentava em seu post sobre o(a) Pubis.
beijo

Udi disse...

baideuêi, a imagem é linda! ...resta saber se eles estão indo ou vindo.

Carla P.S. disse...

Assim como as paixões.
Um café, fugaz!

Gisele disse...

Adorei, original ou não!

Gisele disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Suzana disse...

E por falar em velho:

"Não há assunto tão velho que não possa ser dito algo de novo sobre ele."

Fiodor Dostoievski

Flavio Ferrari disse...

Ernesto: pode ser do Veríssimo ... ele é dado a esse tipo de digressão (ou, no caso, regressão).
Udi: foi de lá que tirei a idéia.
Carla: um café Volutto.
Gisele: bem vinda ... volte sempre para o café ...
Susana: Fiodor é um excelente nome para desodorante, não acha ?

Ti disse...

Sabe de uma coisa? Acho que a ordem não altera o produto...

Seja um ou outro, tenho a impressão que nas grandes transições da vida, sentiríamos falta de não poder viver a anterior...

Os filhos desapareceriam, a pessoa amada da vida também...

Será que voltar ao útero não seria tão sombrio quanto a morte? E pior... Com data certa!!

Beijos

Cristiana Fonseca disse...

Ola Flavio,
Desejo a você Feliz Natal e Feliz Ano Novo de muitas realizaçoes.
Abraços,
Cris

O prazer em conhecer este blog é enorme.

Flavio Ferrari disse...

Ti: acho que com data certa seria melhor ...
Cristiana: conhecer o teu também foi muito legal. Quem sabe você não se reune com o pessoal da blogaldeia no proximo happy hour lá no Genial

Gisele disse...

Obrigada Flávio! Ah, a propósito obrigada pelo livro...(vc se lembra?!)
Felicidades à todos e q venha 2009!!!
Bjo!

Flavio Ferrari disse...

Gisele: claro que lembro ... não é sempre que distribuo livros ao passar pela catraca ...
Quando 2009 chegar, é melhor já sair trucando ...