Páginas

quarta-feira, abril 08, 2009

Lá em casa pode ...

Em Londres, além de não se poder fumar nos bares, um copo de chopp custa R$ 20,00.
Resultado: os londrinos estão resgatando o velho hábito de se reunir em casa de amigos para o happy hour.
São Paulo, cidade de ricos, onde a moradia e a gasolina estão mais caras do que nos EUA, vamos para o mesmo caminho.
O governo e a prefeitura não são capazes de garantir sua segurança na rua, a limpeza da cidade, os serviços básicos para a população (como saúde e educação entre outros).
Mas cobrar impostos e prejudicar negócios é com eles mesmos.
A lista das ações "politicamente corretas" é enorme. Eu preferiria que os políticos fossem corretos, mas isso é bem mais difícil.
De qualquer forma, seja pela falta de segurança, pelo custo de vida ou pelas proibições imbecís, também vamos retomar esse salutar hábito de convívio em casa de amigos.
Para os que vão começar a convidar os amigos, faço uma recomendação especial: determinem o horário de começo e de final do happy hour.
Pode parecer estranho, mas isso vai evitar o constrangimento de ter que mandar embora de casa aqueles cujo desconfiometro desliga em contato com o alcool e ajudar a garantir a manutenção do prazer de receber.

21 comentários:

Amanda Arthur disse...

A proibição já existe para todo o país, só que no estado de SP passam a existir multas pesadas para estabelecimentos cúmplices dos clientes contraventores.
Como fumante eventual, não posso estar de acordo, apesar de não gostar de comer ao aroma de fumaça de cigarro... Mas, um cede daqui, outro dali... No fim dá pra se entender.
E sobre os horários, isso se faz em festinha de criança (cada um com seu repertório, hehehe) e costuma dar certo. Uma boa!

Janaina Brum disse...

FF, concordo plenamente, principalmente com isto:
"A lista das ações "politicamente corretas" é enorme. Eu preferiria que os políticos fossem corretos, mas isso é bem mais difícil."
Perfeito!
O poema já está lá!
kkkkk
Bjs

Avassaladora disse...

A criativida deve ser usada para proporcionar bons momentos e o máximo de prazer, sem tantos problemas enfrentados, como os que enfrentamos ao sair de casa para tomar um simples chopp.
E não se iluda, Flávio. Não é só São Paulo... Talvez por uma "leizinha" aqui outra alí, possa ter mais influència na vida noturna dos paulistanos. Mas hoje enfrentamso tudo isso em qualquer capital ou cidade de porte médio.
E reunir em casa, fazer um rodízio entres os amigos, para que a reunião aconteça cada dia ou semana na casa de um, é a melhor pedida!
Norminhas básicas nunca é demais...rsrsrs
Viver em sociedade ainda requer isso...rsrsrsrs

Grande beijo!

FatiGra disse...

Está certo sobre determinar o horário! O que é combinado antes nao pode ser reclamado depois!
rs

Ti disse...

Recado passado..

Quando será o happy, qual o horário de inicio e término?

O local e a temperatura da cerveja já conhecemos!!!

leve solto disse...

Você falou exatamente sobre um trauma do passado... (quando eu era casada)..
Muitas festas, muita gente e... horário pra ir embora? Não existia. E dessa forma, o dono da casa até tenta ser educado, mas e a garantia da próxima festa? Fica complicado, por mais que tenhamos carinho pelos amigos.

Obrigada pelo comentário lá em casa.

bj

GINEBRA disse...

Es algo que ocurre en muchos países, también en España. Aquí los políticos se empeñan en cerrar locales muy pronto, a pesar de haber dado licencia de apertura (previo cobro de una cantidad importante) a los bares o discotecas.
Las fiestas en casa tienen su encanto, pero salir a la calle y a los bares también.
Besos y gracias por tu visita

Udi disse...

Complementando o comment da Ti: agora as minhas quartas feiras também andam ocupadas...

(tudo bem, tudo bem, pode dizer que sou cara de pau, mau intencionada, folgada... )

Cris_do_Brasil disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
C. disse...

O povo daqui já é bem mais maleável em termos de seguir normas, politicamente corretas ou nao, o que facilita o convívio.

Flavio Ferrari disse...

Amanda: também lembrei das festinhas das crianças ...

Flavio Ferrari disse...

Janaina: abaixo os memes - viva os poemas

Flavio Ferrari disse...

Alice: só vai faltar o chopp ... cerveja é bom, mas não é igual.

Flavio Ferrari disse...

Fati: bem vinda, e viva o brócolis.

Flavio Ferrari disse...

Ti: horário de término é você quem decide ... por mim continuará para sempre...

Flavio Ferrari disse...

Ginebra: bienvenida ... y de acuerdo a respceto de calles y bares ... quedamonos con todo !

Flavio Ferrari disse...

Udi: assim fica dificil ...

Flavio Ferrari disse...

C: o negócio é fazer happy hour na sauna ...

Érica Martinez disse...

não se esqueça de deixar a janela aberta pra ficarmos de olho no relógio do Itaú! hahahaha

Érica Martinez disse...

assim que terminar de ajeitar minha casa, vou adorar receber vocês!

A. Marcos disse...

Apoio de forma incondicional a lei anti fumo que or vigora em Sampa. A única providência decente do PSDB em São Paulo. Depois de estraçalhar o Poder Judiciário, aprofundar a corrupção na polícia, analfabetizar a população que depende de escola pública, aumentar o ITBI e em cascata o valor das escrituras e dos registros imobiliários, alguém ousou fazer algo produtivo: erradicar o fumo de ambientes públicos.