Páginas

quinta-feira, julho 22, 2010

Paz de espírito e histórias para contar

De um modo geral, estamos em busca da felicidade.
E a felicidade maior, de certa forma, se traduz na paz de espírito, aquela deliciosa e rara sensação de plenitude, conforto e segurança.
Se pudessemos nos manter em permanente estado de contemplação, tomados pela sensação tranquilidade, poderíamos considerar que chegamos ao paraíso (não é essa, justamente, a descrição do céu no mundo ocidental ?).
Paradoxalmente, essa vida de plena felicidade corresponde à morte.
Imagine-se nascendo e passando a totalidade de sua vida em feliz contemplação. O que, de fato, você teria vivido ? 
A vida também pode ser medida pelas histórias que temos para contar. E as melhores histórias são aquelas que nos tiram da zona de conforto, que provocam emoções fortes e, pelo menos naquele momento, nos levam para longe do estado de contemplação.  Inquietam o espírito.
Logo, tenho a impressão de que a felicidade é como chocolate suiço.

12 comentários:

Luna disse...

Nunca mais saí da minha zona de confort. hunf.
no entando chocolate tem sido minha melhor companhia.

Ana SS disse...

Ótimo. De nada serve uma vida morna.

Isadora disse...

Ainda que a felicidade possa estar em muitos lugares, me contento com a que circunda a minha área de conforto, hoje, claro com um pouco mais de idade. Nem sempre pensei assim!
Um beijo

Vanessa Souza Moraes disse...

Sim, concordo com a última frase.

Melanie Brown disse...

É... Pensando bem.

E.Suruba disse...

Ri emais com a foto!

Luna Sanchez disse...

Para saber como é ser feliz a gente tem que sofrer, né?

Acho essa frase de uma cafonice sem fim, mas como ando feliz por esses dias, não me ocorreu nada mais sentido para dizer agora.

Chocolatemos, nós!

Beijo, beijo.

ℓυηα

Tata disse...

Pois é....

O que seria da vida se não ultrapassássemos a zona de conforto?
Em termos comparativos culinários seria uma sopa insossa de hospital, ou seja, completamente sem graça!

Se a genialidade é 1% inspiração e 99% transpiração, diria que uma vida para ser vivida de fato e com efeitos, teria que ser 95% de vida louca vida( Cazuzeando), e 5 % de paz de espírito ( ghandiando).

Eu quero mais é ter histórias para contar!!!

Vou deixar o insosso p/ quem é hiper tenso! kkkkkk

bjus

Sentimental ♥ disse...

a conclusão foi perfeita.

Carla P.S. disse...

Chocolate suíço é uma boa definição.
Obs: com um café,no inverno.

Ti disse...

Pois é... Alguns filósofos dizem que a felicidade está apenas nas coisas que ainda não atingimos!!!

Nem 8, nem 80, o fato é que o ser humano precisa testar seus limites para ser feliz... Sempre!!!

Beijos

Paulinha Costa disse...

Uma vez eu ouvi por ai...
"Não é onde chegamos que importa, o caminho é que é importante."
Eu acho que a felicidade se constrói pelas histórias para contar, pelas escapadas da zona de conforto, pela contemplação, também pelo chocolate suiço, e outras coisitas mais...
Um bj e bom final de domingo para você!