Páginas

quinta-feira, dezembro 16, 2010

Sugestões para presentes de Natal

Meninos e meninas costumam dizer que é muito difícil escolher presentes para o sexo oposto.
Trata-se de uma óbvia falta de empatia.
Como disse uma amiga minha, difícil se colocar no lugar de alguém que não se entusiasma com um sapato novo e não se emociona com a Clarice Lispector.
As mulheres podem superar essa dificuldade utilizando um de seus maiores talentos: a observação.  Os homens dão várias pistas sobre as coisas importantes e seus desejos mais relevantes.  E costumam ser explícitos.
Outra amiga, mais pragmática, empenhada em escolher um presente realmente especial para o aniversário do seu namorado, escutou-o comentando com os amigos que nunca havia transado com uma japonesa.  Contratou uma garota de programa japonesa e lhe deu uma festa surpresa de presente.  Esse não troca de namorada nunca mais...
Então, a dica para as meninas é imaginar o prazer que o homem terá usando o presente. 
Para os homens é um pouco mais difícil, porque as mulheres não valorizam o que é fácil.
Quem diz que as mulheres gostam de coisas caras não poderia estar mais longe da verdade.
Um colar feito com um pedaço de coral de sua cor preferida, resgatado do fundo do mar pelo amante durante um mergulho perigoso num mar revolto vale muito mais do que uma joia cara comprada displicentemente pelo marido rico.
Claro que se ela puder ter os dois, melhor.
Há que se compreender a lógica feminina.  Mulheres são essencialmente competitivas.  Um amante que corre risco de vida para presentea-la e um marido sob controle impressionam mais do que um scarpin italiano e uma bolsa francesa.
Logo, a dica para os meninos é imaginar o prazer que a mulher terá contando sobre o presente para as amigas.
Em qualquer dos casos, há que se ter a real intenção de presentear.

9 comentários:

Batom e poesias disse...

Não pretendo dar uma japonesa para o meu namorido. Ainda não atingi essa elevado patamar de desapego... kkk

Adorei o texto.
Sua cara!

bjcas
Rossana

A. Marcos disse...

Noutro blog, dia desses, estavamos tratando exatamente disso: o valor do presente.

Não estou certo se, de fato, o tal presente trazido pelo companheiro em seu mergulho arriscado teria para a maior parte das mulheres o mesmo valor que uma jóia cara ou uma exclusiva bolsa de grife, por exemplo.

Tenho cá minhas dúvidas.

Mas de uma coisa eu estou certo: a japonesa é um belo presente de Natal...kkkk e me fez lembrar da música "Mulheres de Atenas" de Chico Buarque.

Fica só a dúvida quanto fato desse namorado tb saciar os desejos da namorada caso ela lhe revelasse que nunca comeu com "dois pauzinhos"...kkkk

Ana SS disse...

As vezes, a intenção é que conta!

Luna Sanchez disse...

Eu gosto de coisas que tenham um significado particular, íntimo, como um código secreto traduzido em presente.

(Não, a japonesa não serve para o meu exemplo.)

Um beijo.

ℓυηα

Fernand's disse...

putz... acabou de rolar um bafafá aqui sobre um presente de amanhã. vc acredita que não encheu meus olhos uma tarde num spa?

não sei. acho que não sou daqui... confesso que eu preferiria uma trilha para tomar um delicioso banho de cachoeira.

hahaha
bjs meus

Paty Michele disse...

meu namorado precisa ler seu blog...

Sentimental ♥ disse...

não me impressiono com presentes caros... é fato!

Alira Wirti disse...

Valeu as dicas... Adorei!!

cristinasiqueira disse...

Presente é meio me adivinha que eu gosto!

Beijo...mas japonesa de presente eu não dou não.