Páginas

quarta-feira, agosto 31, 2011

Amor e amizade

Uma interessante matéria no UOL sobre mulheres que ficam amigas de seus ex-namorados, ilustrada por Cameron Diaz ...
"Especialistas afirmam que é possível transformar amor em amizade, mesmo que isso pareça pouco provável." - diz a matéria.
O assunto é tão complicado que precisa de especialistas !
E para tumultuar, ainda se tem que lidar com os ciúmes dos novos pares, que não costumam aceitar bem a intimidade dos ex parceiros.
Eu tenho a impressão de que um relacionamento amoroso deveria terminar, no mínimo, em amizade.  Se isso não acontece é porque não terminou, ou não havia amor.  Mas é uma suposição conceitual.  Não tenho experiência no assunto.
O que vejo por aí é que dificilmente uma relação acaba bem quando a decisão é do homem ou provocada por ele.  A maioria dos casos que conheço de amizades póstumas  aconteceram em relações terminadas pela mulher. 
Pode ser coincidência.

3 comentários:

A. Marcos disse...

Sabe Flávio, eu sempre acreditei que um relacionamento amoroso não se sustenta sem amizade.

Logo, ele é pressuposto para o amor. Pode acabar este último mas deve, ao menos, sobrar o primeiro.

Mas assim como a amizade nem sempre dura, pode ocorrer de o amor se encerrar levando junto a amizade e não sobrar mais nada.

Uma pena quando isso acontece.

Dri Viaro disse...

Bom, se a pessoa já tiver encontrado outro companheiro (a), e não gostar mais do outro, acho que dá pra ser amigo sim. O impossivel é quando ainda existe o sentimento de casal.

bjs

Luna Sanchez disse...

É claro que tu sabe que não é coincidência...(isso é uma suposição conceitual, ok?)

Não consigo ser amiga de ex nem de futuro. Explicando : só fico amiga de quem realmente não me desperta outro interesse. Lógico que me refiro a amizade de verdade, não àquela cheia de más intenções. Dessas também gosto mas acho que não deveria chamar de amizade e sim de período transitório, até que outras possibilidades se revelem.

É feio isso, né?

E mais : não me sinto à vontade e acho que não tenho capacidade pra ser amiga de ex, ainda que não haja ressentimento. É estranho pra mim.

Um beijo.