Páginas

terça-feira, agosto 16, 2011

Diga-me com o que trabalhas ...

Pessoas que compartilham as mesmas atividades costumam ter traços em comum. 
Algumas vezes essas características marcantes viram motivo de piada do tipo "engenheiros são os donos da razão, médicos são os senhores da vida e psicólogos estão acima dessa discussão".
Quando comecei a trabalhar na área de Mídia fui supreendido pela união e espírito de colaboração mútua desses profissionais.  Mesmo trabalhando em empresas concorrentes, os Mídias são unidos por espírito de grupo e estão sempre prontos para ajudar e orientar um companheiro.  É uma espécie de confraria, sem regras ou códigos explícitos, da qual sentimos orgulho de participar.  A profissão nos leva a partilhar responsabilidades e sentimentos que geram o senso de fraternidade..
Tive o prazer de compartilhar uma intensa atividade de treinamento, nesses últimos 3 dias, com um grupo de profissionais dedicados à atividade de "coach" (para quem não conhece, um tipo de orientação profissional que é considerada a forma mais eficiente para seu desenvolvimento). 
Já havia tido contato com alguns desses profissionais, individualmente, em programas de treinamento que contratamos para a empresa onde trabalhava. 
Mas desta vez tive a oportunidade de participar de sua comunidade e fiquei agradavelmente impressionado pelo acolhimento e disposição em compartilhar o conhecimento, além do legítimo interesse em colaborar para o desenvolvimento de cada um de seus colegas de profissão.
É cedo, ainda, para chegar a conclusões mais consistentes, mas acredito que, assim como acontece com os mídias, parte desse comportamento pode ser explicado pela própria atividade.
O trabalho tem grande influência sobre a formação das pessoas, suas posturas e dinâmicas de relacionamento.
A missão de um coach é ajudar a desenvolver pessoas.  Logo, não deveria surpreender seu interesse em apoiar seus pares, principalmente em se considerando que o mercado de "coaching" está bastante aquecido e há lugar para todos.
Mas, ainda assim, me surpreendeu.
São experiências assim que fazem de mim um eterno otimista.

6 comentários:

André Fiker disse...

sou pessimista, e nunca tenho experiencias assim. makes me wonder. alàs, estou acima dessa discussão!

Letícia disse...

Eu concordo com o André!
Sou uma realista-pessimista, nunca tenho experiências assim, e nem todos bibliotecários meus colegas apóiam seus pares.

Flavio Ferrari disse...

André: no IBOPE acredito que você terá. Só depende de você.

Flavio Ferrari disse...

Letícia: bibliotecários costumam ser mais introvertidos. De qualquer forma, as poucas bibliotecarias que conheço são excelentes pessoas e sempre prontas para ajudar quando o assunto é informação.

Luna Sanchez disse...

Siiiiiiiim, praticamente só tem gente boa nesse meio! =D

Beijo, beijo.

Unknown disse...

網頁設計 網路行銷 關鍵字廣告 關鍵字行銷 餐飲設備 製冰機 洗碗機 咖啡機 冷凍冷藏冰箱 蒸烤箱 關島婚禮 巴里島機票 彈簧床 床墊 獨立筒床墊 乳膠床墊 床墊工廠 產後護理之家 月子中心 坐月子中心 坐月子 月子餐 銀行貸款 信用貸款 個人信貸 房屋貸款 房屋轉增貸 房貸二胎 房屋二胎 銀行二胎 土地貸款 農地貸款 情趣用品 情趣用品 腳臭 長灘島 長灘島旅遊 ssd固態硬碟 外接式硬碟 記憶體 SD記憶卡 隨身碟 SD記憶卡 婚禮顧問 婚禮顧問 水晶 花蓮民宿 血糖機 血壓計 洗鼻器 熱敷墊 體脂計 化痰機 氧氣製造機 氣墊床 電動病床 ソリッドステートドライブ USB フラッシュドライブ SD シリーズ