Páginas

sábado, março 14, 2009

Juizo Final


Segundo a lenda de uma antiga civilização do oriente, todas as pessoas quando morrem vão para uma espécie de limbo, Dibo Bhera (ou “esperando sentado” na língua nativa) aguardando o julgamento por seus atos em vida.
O julgamento é feito por todos os amigos e parentes do falecido. O cidadão precisa ficar aguardando a “chegada” da sua turma nessa área de transição. Só então saberá se o seu destino será o Surú Bah (terra dos prazeres) ou a Taha Keta (buraco negro).
O “júri” é formado por 27 desencarnados, apontados por Tomalah Daka, o deus encarregado do processo de seleção.
Felizmente para o falecido, para evitar maiores injustiças, ele tem o direito de rejeitar até 5 membros desse júri indicado por Tomalah.
Aí eu fiquei pensando que, se a coisa for assim mesmo, vai ser difícil escolher quem iria eliminar do júri quando chegar a minha hora.
Creio que o primeiro eliminado seria o Ernesto, porque ele não iria perder a oportunidade de me sacanear de maneira tão perene..
Teria que eliminar o Walmir também, já que, para ele, beijar uma mulher e não casar é um grande pecado. Puxando pela memória, acho que fiz isso um par de vezes.
Com a Teresa corro o risco de perder pontos pelas vezes em que transei sem camisinha. Terei que glosar.
Espero que Tomalah escolha a Udi e a Glaura, que sempre me defendem, mesmo quando não concordam.
A Ti também fica. Por qualquer critério de julgamento, se eu pequei, ela também. Portanto, ela sabe que terá o mesmo destino. E acho que ela vai preferir ir para Suruh Bah.
Filhos costumam culpar os pais por tudo. Mas os meus estão num momento de idealização paterna. Logo, se o julgamento for breve, ficam no júri.
A Anne é reconhecida por seu profundo senso de justiça. Vai querer me dar o que eu mereço. Melhor eliminar.
Érica e Cris Brasil são críticas, mas não condenam. Podem ficar.
O Tapadinhas e o Jorge Lemos saberão entender meus pecados e poderão contar com meu voto a seu favor quando a vez lhes couber. Ficam também.
Meu pai fica. Tem um coração de mãe. Minha mãe e meu irmão, nem pensar. Não correspondo ao seu ideal de comportamento nem de longe.
Honestamente, é muito dificil saber como os amigos irão nos julgar ...
* ilustração: William-Adolphe Bouguereau (1825-1905) - Dante And Virgil In Hell (1850)

46 comentários:

Tata disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Flávio, A-D-O-R-E-I isso de Jugamento final, só não gostei de ficar esperando lá no limbo Dibo-Bhera.Passei tanto tempo dibo-bhera em filas de banco, de supermercado,em hold de telefones, que acho que minha penitência iria começar ali mesmo!!

Eu tranformaria o Dibo-bheira em Botha-Prah-Fherver,a espera mais animada do além!!!.

Acho que haveria impasses quanto ao meu veredicto.Tenho certeza que alguns amigos iriam dizer: " Manda ela para a Súru-ba, que lá é mais divertido!!!" Outros diriam :" Não vamos mandar ela tomar na Taha-keta, pelo menos uma vez, mesmo que seja na morte!KKKKK

E enquanto isso, o Sr.Tomalah Daka ficaria um pouco confuso e alterado com a dúvida atroz d destino de tata e faria algo desagradável com os amigos julgadores, e daria o direito de troco, já que estaríamos no tribunal de Tomalah-Daka....nada mais justo , certo?( coisas de uma advogada, advogando em causa própria!)

E eu pediria para escolher meu próprio destino.

E.... vamos combinar que lá em Taha-keta não tem muito espaço, é um lugar muito apertado!!!

Eu prefiro a Súru-bah, muita alegria, paz e amor para a eternidade....bicho!KKKKKKK

bjinhos e bom fim de semana!!

Camisinha.com disse...

estou encantada com o que acabei de ler.

minha nossa, flávio, é uma mistura de bibliografia com leitura de testamento...

??

vai saber o que quis dizer com isto aí...

vais saber...

mas estou assim, abobalhada.

não sei se "nunca!" mas não me lembro de outra coisa assim ter me causado este efeito... ah... sim, uma daquelas crônicas lá do vestuário.

mas sinceramente, isto aqui está ótimo!!

forte abç,


.

Carla P.S. disse...

Hum..
Se eu morresse hoje me acharia uma chata, mas com bom coração.
Apesar que todos pensariam que fui legal mas não saberiam definir o que de fato eu queria.
Um beijo, e um café.

Ernesto Dias Jr. disse...

Mas que puta injustiça!
E depois, eu não poderia mesmo me sentar no juri: a lei não permite.
Se você olhar com bastante atenção para o seu amigo Tomalah Daka...

Cris_do_Brasil disse...

Oxi, o intervalo veio em fartura mesmu Flávio, amei esse texto, me causou um frenesi até hoho

Ainda bem vc já estaria tranqüilo no Dibo Bhera quanto a Cris do Brasil, que sem condenações, apenas observações, curte seus textos de montão e pq não o autor :))

angel disse...

Muito interessante seu texto. Olha, se tiver que passar por essa peneira,não fica um meu irmão!
Adorei a forma como escreveu. Divertida e ao mesmo tempo analítica das pessoas que te rodeiam e de você mesmo.E, de quebra me fez pensar.
Ótimo domingo
Angel

Glaura disse...

Demonstrando novamente sua boa forma!

V.Vegas disse...

Familiar, sim, com certeza! Tenho escrito tanto nas poucas vezes em que passei por aqui que já posso me considerar da família do Arguta! Posso mesmo?!?!?!?

Mais uma vez, texto super criativo e divertido, adorei muuuuuuuitttooooo! Continue sempre assim, com seus insights, todos no maior alto astral!

Nina disse...

Nossa senhora da JUSTIÇA, comecei a pensar na lista, e me imaginei advogando em causa própria,ia pleitear uma absolvição sumária, caso não colasse e o resultado fosse negativa, daria um jeito de anular o júri.
Dizem que advogados não sem bem quistos por lá. kkkkkkkkkkkkk

Udi disse...

Adorei descobrir que fui adotada como irmã e que tenho lugar reservado ao lado da Glaura!

...cê deixa o seu jogo de dardos prá mim?

Udi disse...

...ops! não vai poder deixar os dardos prá mim porque já estarei lá, né?!
:(

...tá bom vai! quem vai precisar de dardos em Suru Bah?!

Anne M. Moor disse...

Também acho uma injustiça que fui excomungada!!!!! Julgar... ixxxxxiiii coisa ruim...

Beijos :-)

Cris Animal disse...

É impressão minha ou vc está ferrado mesmo antes do julgamento?..........kkkkkkkkkkk


Relaxa. Seu coração é verde e amarelo. Lembre-se: jeitinho pra tudo!

beijo e boa semana
.....................Cris Animal

Cris Animal disse...

Não seja chato....outro meme, sim !
rsrsrsrs

Fausto Sotam disse...

Toma lá dá cá, há com cada ideia, é sempre bom acreditar que a vida é mais que isto, mas esperar, que os outros nos julguem. Nós é que fazemos o nosso destino, as nossas acções falam por si (penso eu, não sou Deus) se morrermos em Paz, com a consciência tranquila, então não temo nada. Deve existir o Limbo, não critico, mas espero que seja com Mil virgens, e não quarenta. Gosto das tuas dissertações...

Mariana Dore disse...

O pior de tudo é que os julgamentos na maioria das vezes vem acompanhadas de pré - conceitos!

Adorei os nomes uahuahhauhua

;D

Avassaladora disse...

Venho conhecer seu blog justamente no dia do Juizo Final... rsrsrsrs
E essa sua lista de jurados não é brincadeira não... Então não espere benevolência...rs
Mas que que li de vc, merece alguma condescendência...rsrsrs

No final, quem sabe não "rola" um indulto...rs

Pra primeira visita, acho que já falei demais...rs


Beijos avassaladores!

Flavio Ferrari disse...

Tata: Gostei da sugestão. Vou conversar com o Tomalah. Te encontro em Surú Bah.

Flavio Ferrari disse...

Teresa: muita responsabilidade ...

Flavio Ferrari disse...

Carla: o importante é ter certeza de que você foi você mesma.

Flavio Ferrari disse...

Ernesto: já está querendo mamar na burocracia do governo celestial, né ?

Flavio Ferrari disse...

Cris: Viena é meio fora de mão...

Flavio Ferrari disse...

Angel: linha dura, hein ?

Flavio Ferrari disse...

Glaura: sempre !

Flavio Ferrari disse...

Vegas: para fazer mesmo parte da familia precisa do selinho. Mas te dou cidadania provisória. Fico feliz que tenha gostado do texto. Volte sempre.

Flavio Ferrari disse...

Nina: o único problema com advogados é que se o tempo de vida deles fosse contado pelo número de horas de serviço cobradas dos clientes, nenhum deles passaria dos 35 anos na Terra.

Flavio Ferrari disse...

Udi: o jogo de dardos é um avatar de Surú Bah na Terra.

Flavio Ferrari disse...

Anne: eu falei, já está me criticando ...

Flavio Ferrari disse...

Cris_Animal: quero estar lá no juri dos blogueiros que postam memes ...

Flavio Ferrari disse...

Fausto: bem vindo. Mil virgens ??? Cê tá louco, rapaz ? Meia duzia de garotas interessantes, decididamente NÃO virgens, já estaria de bom tamanho.

Flavio Ferrari disse...

Mariana: todo julgamento é preconceituoso ...

Flavio Ferrari disse...

Avassaladora: bem vinda. Escolheu bem o dia da chegada. Volte sempre.

Ti disse...

Não só faria um julgamento justo, como ao final, te acompanharia...

Nada como dar o exemplo!!!

Luiz disse...

Ti: sempre superando as expectativas ...

Suzana disse...

F.F. não tem Limbo!
O Papa "decretou"!! kkkk
No máximo existe os MSL, ou o movimento dos sem limbo.
kkkk

Udi disse...

ôukei! agora que todos já leram e comentaram, posso comentar aqui, em petit comitéé como foi a minha primeira leitura do texto:

1. "Dibo Bhera" passou batido na ansiedade de saber o que dizia a "antiga civilização do oriente" (afinal, minhas origens estão lá).

2. "Surú Bah... puxa! então esse uso que se faz hoje em dia tem a ver com essa origem?! ...teressante!"

3. "27 desencarnados? ...teressante, por quê será 27?"

4. Tomalah Daka... Tomala Daka? péraí... Toma... lá... Dá... ká?!... (tempo prá pensar, né gente?)
...
...
...huáhuáhuá!

depoimento real! (juro por deus!)

Udi disse...

Luiz e Regininha: o "Prazeres Picantes" é o primeiro blog que sigo.
bjs!

Flavio Ferrari disse...

Udi: é por isso que frequencia eficaz para comunicação é 3 ...

Flavio Ferrari disse...

Udi: Prazeres Picantes ainda está under construction ... comentei como Luiz por engano (estava logado).
Mas o lançamento será breve, provavelmente na próxima semana.
Aguarde.

Flavio Ferrari disse...

Vai ser da Taha Keta ...

Érica Martinez disse...

melhor definição impossível!
Eu, incluo você e a Udi, pq o Ernesto não pode passar nervoso...

Jorge Lemos disse...

Príncipe

Este espaço limboso não seria comandado pela divindade Si-Fu,
o tal que determina o tamanho
para a pena? Daria para montar por lá um pequeno bhor-dhel para o que aguardam a chegada dos amigos?

Lhin - Bo na língua nativa não seria um derivativo do Bo (corte)
e Lhin (derivativo de Lombra - efeito ou resultado da raiz de um estupaciente conhecido)?

A construção castelar do texto evoca o espirito de Ovidio (Publius Ovidio Naso) cuja descrição anelar da "Morte de Píramo e Tisbe" em que Tisbe
era o responsavel pela condenação do Pira - Mo.

Thomalah Daka pertenceria ao nosso PMDB, o que tem por divindade o
Sempre-Maish?

Deliciei-me.

Abraços

Lemos

A.Tapadinhas disse...

Onde posso votar para a mais profunda e divertida (devia ser sempre assim) postagem do ano?
Abraço.
António

PS Comentários estão a condizer!
Lamento ter chegado tão tarde.
:(

Udi disse...

Virge! eu sempre enxerida (x ou ch?)...eu não, a Bete.

Camisinha.com disse...

flávio!!

prazeres picantes?


tetê

Mariana Moralles disse...

Hahaha...adorei o Julgamento!!! E mais ainda o Suruh Bah!!! Parabénssss...!!!

bjsss

Mari