Páginas

quinta-feira, março 25, 2010

Enfim, a verdade !

Há tempos não tinha um dia como hoje, de sincronicidade cabalistica.
Um daqueles dias em que a maioria das coisas que acontecem tem o mesmo sentido...
Hoje foi o dia em que na maioria dos episódios sérios, as pessoas ouviram o que queriam ouvir e encontraram a verdade que queriam encontrar.
Obviamente, trabalhando com pesquisa de comunicação nos últimos 15 anos, já estou acostumado com isso. São raras as pessoas que acreditam nas pesquisas que apontam um resultado desfavorável. Pesquisa boa é a que diz o que se quer ouvir.
Como também é difícil manter um amigo que nos diz o que não queremos escutar, ou um médico que nos manda fazer regime ou começar uma terapia.
Mas ainda me espanta observar como as pessoas (ou boa parte delas) ficam permanentemente atentas aos sinais que comprovem suas teses, se agarrando a mentiras inverossímeis ou interpretando sinais de acordo com sua conveniência.
Não é má fé (na maioria das vezes). É cabeçadurice mesmo.
Um funcionário que acha que você não o valoriza espera a primeira crítica para apontá-la como comprovação do fato, esquecendo todos os elogios anteriores.
Um chefe que acha que você não atende bem os clientes aponta a primeira reclamação como prova cabal de seu ponto de vista, desprezando qualquer outra informação.
A mulher que acha que você não quer colaborar com seu projeto e toma qualquer gesto seu como má vontade.
Todos encontram, enfim, a comprovação de suas verdades.


(ps - hoje o Arguta vai atingir 77.777 visitas - eu sabia que era meu dia de sorte)

7 comentários:

Sentimental ♥ disse...

mas sinal é assim mesmo, cada um enxerga da maneira q lhe é conveniente, mesmo q o 'sinal' queira dizer outra coisa...

Ava disse...

Moço, gosto dessa sua positividade...

Parabens pelas 77.777 visitas!

Boa sorte!


Voce é uma pessoa iluminada... E não duvides disso...rs


beijos meius!

Ana Lúcia Porto disse...

Oi Flávio,

Diante de algumas respostas, boas por sinal, que já me enviaram, eu acrescento que a sede da Empresa fica em Israel e o meu vendedor é de uma call center, de lá mesmo. Ademais, há filiais da Babylon em alguns outros países, mas só europeus. Bom, mas eu creio que a melhor medida, seja eu procurar reaver o meu dinheiro, do modo como você me explicou.

Gostei muito,
Beijos e obrigada,
Ana Lúcia.

Ana Lúcia Porto disse...

Quanto a esse seu texto, penso como você. As pessoas precisam aprender a ponderar.

Beijos,

Nanda Assis disse...

q bom q o dia foi bom.
eu sempre considerei o sete um numero de azar, ja q sou nascida no dia seis considero o seis sorte.

bjosss...

Paulinha Costa disse...

Perfeito seu texto!
É incrível como as pessoas só vem aquilo que querem ver.
Eu acabei de passar por isso, estou falando por experiência. Quando a gente menos espera o ego coloca uma venda na gente e só deixa ver o que confirma o que ele quer.
Meu dia também foi muito bom, será que os astros estão colaborando afinal? Bjsss

Érica Martinez disse...

Ainda continuo encantada com aquela história de "você não morre mais", quando a gente acaba de pensar ou falar numa pessoa e ela aparece - em especial, quando há uma certa improbabilidade em encontrá-la por aí...
Acho que todos precisamos acreditar em alguma coisa e muitos de nós (including me) acreditam mais no que vêem mesmo...