Páginas

terça-feira, abril 13, 2010

Auto-definições

Quando eu era adolescente proibi uma namorada de ir ao cinema com uma amiga que considerava meio dada demais.
Um amigo me chamou a atenção, perguntando como e´que um cara moderno e liberal (palavras dele) como eu estava tendo uma atitude tão careta.
Minha primeira reação, lembro-me, foi de desconforto. Concordei com o amigo e questionei meu comportamento.
Na época fazia terapia (comportamental cognitiva, como era chamada na época) e levei o "problema" para a sessão com o psicólogo.
Foi aí que me dei conta do perigo das auto-definições.
Eu me definia como alguém liberal, gostava disso e procurava me comportar de acordo com o conceito que tinha de uma pessoa liberal.
Mas tinha que admitir que não me agradava a idéia da minha namorada ser influenciada por uma amiga animadinha demais para o meu gosto.
Claro que tinha a opção de me redefinir como um liberal possessivo, mas felizmente preferi encarar o fato de que não me encaixava na minha própria definição e me aceitar como era.
De lá para cá procuro ficar atento a essa armadilha que criamos normalmente em função da necessidade de aceitação social (ou de contestação), e que pode provocar danos irreparáveis.

11 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Olhe o infinito…

O céu azul, o mistério da natureza que nos dá todas as alegrias do mundo…
Visite: Mensagens, Papel de Parede, Videos Bom dia!
é a palavra mágica que faltava nesta manhã, e vem expressar à você,
o maravilhoso amanhecer que lhe desejo, repleto de amor,
prosperidade e paz…
Hoje certamente, tudo dará certo,
o seu caminho será suavizado pela brisa do ar,
que chegará até você de mansinho,
trazendo com ela o aroma das flores, que darão colorido ao seu dia.
Tudo isso Deus coloca ao nosso alcance,
para avaliarmos o magnífico presente de estarmos vivos
e sobretudo podermos dizer:
Bom Dia!!!
Eu gosto muito de você e lhe desejo mil alegrias!!!

(texto da net).

beijooo.

Dri Viaro disse...

Pois é, eu não sou liberal não, se meu marido disser que vai ali tomar uma cervejinha com os amigos, o pau de macarrão vai rolar na cabeça dele.rsrs

tb fazia terapia cognitiva comportamental, alias preciso voltar.

bjs

e daí? disse...

rotulos, sempre rotulos...só precisamos deles pq é mais facil simplificar do q olhar o q vai dentro? Bom dia!

Mari disse...

Bom dia Flavio...
A gente tem essa mania de dar nome às coisas e se não tomamos cuidados, nos tornamos escravos de nossos próprios rótulos.
O mais legal é que também questionamos ou somos questionados, e se prestamos atenção como você fez, não caimos nas nossas próprias armadilhas, que são geralmente, as mais perigosas!
Um dia lindo pra você querido!
Beijos

Janaina Brum disse...

Ai, FF,amigas dadinhas sãoum ótimo convívio!
(Tu também estás seguindo o blog da Gianoukas, né? Ela não é tudibão??
Beijo

♥♥NaNnA BeZeRrA♥♥ disse...

flavio,

essa coisa de liberal é uma faca de muitos gumes. eu sou super, acho q está certo meu homem sair sozinho. mas, só dou azar. só encontro gente que se veste de cuidadoso para não mostrar a verdadeira face. seres humanos em evolução. balela!

to sempre de olho em ti!

Carla P.S. disse...

Tem que cuidar o que se fala, mesmo. Ou melhor, ser responsável com o que se diz.
É bom sentir que os outros se sentem bem ao seu lado, e tantos outros confiam....
Beijos, um coffe.

Solange Maia disse...

é por isso que tenho cada vez menos certezas...

beijo...

Sentimental ♥ disse...

armadilhas mesmo...

Luna Sanchez disse...

"Liberal possessivo" foi ótimo, muito mesmo! Rs

Beijinho, Flavio.

ℓυηα

Denise disse...

Cuidadosa com as relações e nada saidinha qdo adolecente e jovem rs
assumiderrima em minhas ações,acho q rotular-se é limitar-se ou ainda te obrigar a fazer algo em nome desse mesmo rotulo.
Hj me admito assim............amanhã não sei

afagos retraidos rs