Páginas

sábado, novembro 06, 2010

Tropa de Elite 2 - Missão Cuprida

Estou longe de ser um especialista, mas fiquei orgulhoso do cinema brasileiro.
Tropa de Elite 2 fugiu da tradição das sequências e não repetiu a fórmula do primeiro filme.  Também não se aproveitou do nome para rotular um filme diferente.
É, verdadeiramente, uma continuação, mas mostrando outros aspectos de uma mesma problemática, avisando desde o início: desta vez, o inimigo é outro.
O roteiro não é melhor nem pior do que o primeiro, é diferente e tão bom quanto.  A produção dá a impressão de ser mais simples, mas de qualidade equivalente.  A direção de atores, impecável.  Acho que até melhor do que no primeiro.
O filme entusiasma menos a platéia porque é mais denso e tem menos ação.  É mais "inteligente".
Os dois filmes são sedutores o que me parece essencial para quem quer ser assistido.
Acho que foi por isso que ninguém pediu para sair.

6 comentários:

Isadora disse...

Flavio, compartilhp com você o meu orgulho também. Gostei muito do primeiro e o segundo achei sensacional. Um tapa com luva de pelica, na minha opinião. E muito corajoso, por colocar na tela o que nós já sabemos.
Um beijo

Sentimental ♥ disse...

ainda não assisti o 2, mas tenho ouvido falar muito bem dele.

Ana Lúcia Porto disse...

Gostei muito do primeiro e mais ainda do segundo. Este, se não fosse tão bom assim, um Comandante da Polícia não estaria processando o Diretor de ambos filmes. Rolou danos morais.

Beijos Flavinho...

Paty Michele disse...

O segundo supera o primeiro seguramente. Saí do cinema extasiada!

Maria Rita disse...

Já assisti e concordo plenamente com vc, sem contar que a atuação do Wagner Moura continua impecável.

Beijos pra Ti

Ana SS disse...

Achei o Tropa de Elite 2 muito melhor do que o 1. É uma mudança de paradigma belíssima. Ouvi algupem dizer (não me recordo, desculpe-me a falta de referência), que se o filme fosse falado em inglês, ganharia o Oscar. Certamente.