Páginas

terça-feira, junho 14, 2011

O paradoxo do tamanho único

Enquanto nos EUA, o país da fartura, você encontra roupas com tamanhos fracionados e com comprimentos diversos (as calças tem numeração dupla, indicando a cintura e o comprimento), aqui no Brasil varonil a moda é o tamanho único (normalmente, pequeno).
Tadinhas das meninas.
A situação gerada pelo tamanho único é curiosamente paradoxal.
Quando pessoas de tamanhos diferentes usam uma roupa de tamanho único, o resultado é diferente para cada uma.  A mesma camiseta pode parecer uma camisola para uma garota de 1,50m e 42 quilos ou um top para uma mulher de 1,85 e 90 quilos.
Isto significa que a maneira mais econômica de gerar o efeito de exclusividade não é criar peças diferentes.  Mais fácil é optar pelo tamanho único.

6 comentários:

R. disse...

e eu que tenho que fazer barra nas minhas calças? sonho em comprar uma calça e poder usar sem ter que mandar na costureira.
baixinhas também sofrem =(

Ana Andreolli disse...

eu ODEIO tamanho único!!

nem preciso dizer q sou gorda né ? hahaha

Sentimental ♥ disse...

medo!!!

Patrícia ♥ disse...

Que lindo o seu cantinhoo..adorei aqui!!

estou seguindo..
retribui??

beijos
http://pathyoliver.blogspot.com
http://momentosdapathy.blogspot.com

Mari disse...

Olá Flivio, tudo bem?
Andei um pouco sumida, mas estou de volta!
Obrigada por seu carinho lá no Cantinho!
Um beijo grande meu querido!

Patrícia ♥ disse...

Flavio,
e por que não ter mais seguidores do que a população de Valparaíso, heim..
seria até engraçado!

Gostei do comentário..
Volte Sempre!
beijos