Páginas

quinta-feira, outubro 08, 2009

De uma conversa de bar ...

Porque será que ninguém leva os humoristas a sério ?

15 comentários:

Nanda Assis disse...

kkk vc falou sério?


bjossss...

Ava disse...

Engraçado... Taí uma grande questão... rsrs


E voce, decididamente, me faz dar boas risadas logo cedo...




Adorei seu conselho... Vou seguí-lo a risca, nas praias baianas, nessa próxima semana...rsrsrs

Beijos

Érica Martinez disse...

bom, quando na mesa estão Ernesto, Flavio e o Paulo... fica maaais difícil! ha

Barbarella disse...

Me responda...depois que quantos copos, você levantou essa questão?
hein, hein ??? rs
bjinho

Glaura disse...

Pois a Udi e eu levamos bem a sério!... O Espírito Santo que o diga...

Udi disse...

Porque senão como vamos rir da piada?

A Glaura cita um bom exemplo de 2 pessoas que levaram um comediante (Paulo) a sério e não riram da piada
...em compensação, involuntariamente, criaram outra.

Única e Exclusiva disse...

Não sei responder está questão.
¬¬'

Bjos ú&e
PS.: Hj eu postei! =)

Batom e poesias disse...

Fala sério!

Não deu tempo de comentar a postagem anterior, mas fiz um hai kai sobre isso (a simplicidade masculina).
Pura coincidência, juro!
Postarei da próxima.

bjs
Rossana

Taís disse...

Essa sua frase me lembrou Chaplin: "Se tivesse acreditado na minha brincadeira de dizer verdades teria ouvido verdades que teimo em dizer brincando..."
Ledo engano de quem não os leva...
Bjs

P.S. Fim de greve, e eu jurando que nunca mais na vida voto a favor de uma. Só gerou stress e não adiantou nada (como todas).

Ti disse...

Talvez porque eles ja se levem muito a serio...

Beijos

Carla P.S. disse...

Pq falta senso de humor, ou seja, sintonia!

Sentimental ♥ disse...

eu levo...
bjs

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

É difícil...mas pode ser um exercício a mais...rsrsrsrs
Te mandei as fotos por e-mail, mas voltou; pedi prá Udi te reenviar por outro modo que ela saiba, ok?

CHRISTINA MONTENEGRO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CHRISTINA MONTENEGRO disse...

Estava preparando a Oficina para São Luis, e achei nos meus rascunhos isso aqui, do D. Kupermann:
"O humor não se contrapões ao sério; ele se contrapõe à realidade deserotizada; àquela já cindida ('realidade' X prazer).
Espero que curtam...