Páginas

segunda-feira, outubro 05, 2009

Ôrra, meu ...

I num é qui tão me querendo tombá o sotaque da móoca ?
Ô, belô ... a tia Concheta me vai fazê uma festa ...
O assunto é sério ... foi a Zóia (minha conterrânea moquenha) quem alertou.
O vereador Juscelino Gadelha (PSDB) entrou com o pedido no Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da cidade de São Paulo (Conpresp).
Só mi fartava essa, meu !

7 comentários:

Glaura disse...

Como é que se tomba um sotaque????

gabrielle disse...

gostei do sotaque, só não entendi que pedido tão caprichado foi esse do vereador...


beijinho

Udi disse...

...e ontem aprendi que falo "namoro COM o Tuca" por influência italiana (quando o correto seria dizer "namoro O Tuca")
...acho que eles "tombam" um sotaque italiano quando até japoneses começam a falar italianado também.

Se o samba de roda virou patrimônio histórico porque a Saudosa Maloca e o Trem das Onze também não podem ser?!

Tata disse...

Tombar sotaque???? Hahahahahaha

Então o gaúcho deveria tombar o bahhh tchê!

O mineiro, o Uai so!
O carioca, o mermão.
O baiano, o meu rei.
E assim vai.....

Só em SP mesmo!

bjinhos

Simone Schuck disse...

Ah sim... e a preservação do patrimônio vai dar-se como? Aiaiai...

Sentimental ♥ disse...

ai ai ai, é muita falta do q fazer né?
bjs

Flavio Ferrari disse...

Não tenho a menor idéia de como é que se pode tombar um sotaque e, SIM, é a mais absoluta falta do que fazer !!!!