Páginas

sexta-feira, maio 04, 2007

Outros sentidos ...


Passei 3 dias na semana passada em Taormina, na Sicília, ao lado do vulcão Etna.
Cidade charmosa, encrustada no alto de um paredão rochoso sobre o mar. Arquitetura oitocentista, eu creio, abrigando lojas, docerias, cafeterias, restaurantes e bares de moda, condizente com a proposta de turismo chique.
E neste sítio agradável, curti uma dor de cabeça moderada, mas contínua, durante toda a estada.
Concluí que a energia do lugar era estranha. No terceiro dia já estava compreendendo o sutil mau humor da população local e entendendo porque a Máfia havia nascido naquela região.
Eis que, voltando ao Brasil, descubro que no dia seguinte da minha partida o Etna havia entrado em erupção.
Não havia qualquer indicação concreta de que isso fosse acontecer naquele momento, embora o Etna seja um vulcão ativo, dado a pipocos esporádicos.
É bastante provável, portanto, que minha dor de cabeça tivesse sido provocada por ondas subsônicas decorrentes das vibrações sísmicas que antecederam a erupção, ou qualquer outra emanação imperceptível para os cinco sentidos "convencionais".
Em suma, recebi sinais tênues que não soube interpretar por falta de referências (não temos vulcões por aqui) e que provocaram o desconforto.
Alguns poderiam chamar de intuição. Outros de percepção extra-sensorial.
Fato é que a idéia de que o vulcão poderia entrar em atividade passou pela minha cabeça diversas vezes nesse curto período.
Sou um praticante da "atenção", no sentido esotérico da palavra. Acredito em magia, não da forma romântica, mas como uma ampliação da percepção, o exercício da "intenção" (novamente no sentido esotérico) e o desejo de experimentar outras formas de relacionamento com o universo além das convencionais.
Pequenos incidentes como esse são uma dádiva (considerando que não houve vítimas ou danos materiais em função da erupção).
Um lembrete para nossa vã filosofia.
oooooo0oooooo
ps - a parte 5 de Ovos de Dragão sai neste final de semana.

4 comentários:

Udi disse...

Um poeta xamã!

Lú. disse...

Flávio:
Sabedoria nas entrelinhas...
Você é dez com estrelinhas.
10******(rss)
Bjo

Anne M. Moor disse...

Não há vulcões aqui???????? Tens certeza???????
Essa tua ... chamemos de intuição é tremendamente aguçada e poética...

Amanda Arthur disse...

Bem ao estilo Blink!
Também compartilho desta atração pela magia dos sentidos...