Páginas

quarta-feira, agosto 12, 2009

Estranho

A Rossana comentou na postagem anterior que eu ando estranho ...
Constatação curiosa. Eu vivo me estranhando.
Logo, não é estranho que alguém me ache estranho.
A palavra vem do latim, extranèus, que é "de fora".
Faz sentido. Me estranho quando encontro em mim algo que não estava lá antes.
"Lá" é a consciência. Se não estava lá, veio de fora, do inconsciente ou do mundo.
Constato, então, que fui invadido.
Tenho duas opções: banir o invasor ou incorporá-lo.
Enquanto isso, estranho-me.
Fato é que isso acontece todos os dias.
É algo tão comum que sinto como parte de mim.
Já não estranho estranhar-me.

29 comentários:

Simone Schuck disse...

É muito bom aprender todos os dias, mas estranhe ainda se estranhar! Se assim não fizeres, estarás perdendo o melhor de aprender: o friozinho na barriga. Não esperava alguma lição, né? É só isso, o friozinho na barriga! É ele que nos mantém vivos...

SAM disse...

Tenho uma amiguinha de 15 anos que colocou algo parecido no msn dela....Uma frase de Clarice Lispector "Você, de repente, não estranha de ser você ?" E como, não?


Beijos

e daí? disse...

essa coisa de estranhamento me é tão familiar q me olhem e estranhem, e perguntem e o q responder, se mesmo eu sei disso, mas nem sempre dá pra explicar... hj ja nem ligo, pq, explicar, pra que???
bj

Tata disse...

Estranho é não se estranhar!

Estranho é se reconhecer todos os dias em frente ao espelho e não admitir que se é um novo alguém a cada amanhecer!!( que seja sempre para melhor não é mesmo?)

bjinhos

Suzana disse...

Imagine se eu fosse me preocupar com esta observação!
Sou estranha aos outros desde que nasci! kkkk

gabrielle disse...

e assim o mundo salta e avança...!

(banindo e incorporando, pq há momentos para tudo)

deixo mil beijos, te estranho (que em espanhol significa algo idêntico a tenho saudades)

Batom e poesias disse...

Antes que sua legião de fiéis seguidoras comecem a me execrar, me explico:

"Estranho" no sentido de ser incomum, extraordinário e/ou singular.
Nem me passou pela cabeça o adjetivo "esquisito".
rss...

Adorei seu texto, estranho!

bjs
Rossana

Luna Sanchez disse...

Nada mais normal do que achar-se estranho.

Quando as outras pessoas nos percebem estranhos, talvez estejamos mais perto do nosso referencial de normalidade...comigo é assim : quando dizem que estou estranha, geralmente estou em uma fase de maior lucidez.

Beijos de quarta.

ℓυηα

Anne M. Moor disse...

O estranhamento de si faz com que possamos viver plenamente...

Bom dia!

NiNah disse...

Quem não for estranho que atire a primeira pedra. rsss
Beijas

Carla P.S. disse...

Estranho é uma palavra misteriosa...Pede pra ela especificar melhor.
Um café, da tarde.

TetÊ disse...

FF,

a gente vive se estranhando...
ainda mais quando erra!
Abraço!

Flavio Ferrari disse...

Simone: gaucha adora um friozinho mesmo ...

Flavio Ferrari disse...

SAM: quando chego nesse ponto é porque a esquizofrenia já atacou e acabo discutindo o assunto comigo mesmo ...

Flavio Ferrari disse...

Andrea: to estranho, e dai ?

Flavio Ferrari disse...

Tabata: esse negócio de melhor ou pior é meio relativo ...

Flavio Ferrari disse...

Gabrielle: a primeira vez em que escutei "te estranho" de uma chilena, achei que a frase não combinava com o olhar ...

Flavio Ferrari disse...

Suzana: acredito ... rs

Flavio Ferrari disse...

Rossana: não precisa explicar ... valeu um post.

Flavio Ferrari disse...

Luna: ah... essa estranha coisa que é a lucidez ...

Flavio Ferrari disse...

Anne: se não você, pelo menos aquele outro, o estranho ...

Flavio Ferrari disse...

Ninah: ai, Jesus ...

Flavio Ferrari disse...

Carla: você não leu os comentários ... ela já explicou.

Flavio Ferrari disse...

Teresa: sinal de que anda acertando mais do que errando ...

Ava disse...

Flávio, as vezes nos tornamos tão estranhos a nós mesmo, que precisamos fazer as apresentações...


As vezes nem empatia há...rsrs


As vezes me odeio...rs


Beijos e saudades!

Sentimental ♥ disse...

mas isso é normal né? estamos em constante mutação...
bjs

Érica Martinez disse...

tá me estranhando?

Érica Martinez disse...

"e se me achar esquisita, respeite também, até eu fui obrigada a me respeitar" C.Lispector

paula barros disse...

Me fez rir. Talvez por me ver. É estranho, me ver num estranho que se estranha. Mas faz parte do meu todo estranho.

Acho que fiquei estranhaemente tonta.