Páginas

sábado, agosto 22, 2009

Um dia especial

Hoje foi um dia especial.
Mas só me dei conta agora pouco, quando fiquei sabendo que um velho amigo, que não via faz tempo, faleceu.
Cara bacana, de bem com a vida, 58 anos, casado com uma mulher bacana, pai de dois filhos legais e dono de um posto de gasolina em Taubaté. Foi assaltado quando descia do carro para depositar o dinheiro no banco. Não reagiu. Mas o ladrão era um mal negociante e resolveu eliminar o freguês com um tiro no coração.
Comparado com isso, qualquer coisa ruim que tenha me acontecido durante o dia me parece bobagem.
E todas as coisas boas ganham um sabor especial.
É para isso que nos serve a lembrança da morte; a consciência da finitude.
Para nos dar a exata proporção da importância das coisas e para valorizar o prazer de estar vivo.
Que hoje seja um dia especial para vocês também ...

14 comentários:

Sentimental ♥ disse...

Uma pena isso q aconteceu com o seu amigo, tmb perdi um amigo para a violência e cada vez me impressiono mais com a banalidade das coisas. são situações assim nos fazem valorizar cada vez mais o dia-a-dia e a família.
bjs

Ernesto Dias Jr. disse...

Sinto pelo que aconteceu com seu amigo. Minah idade.
Mas assim como para você, serviu para repensar meu dia, e os dias que correm...

Ava disse...

Acontecimentos triste e lamentáveis assim, realmente dão uma sacudida na pasmaceira que se abate sobre nós...

Perceber o quanto nossa vida é bela, e o quanto temos de amigos e amores a nos rodear...

Dar valar as pequenas coisas... as coisas insignificantes...

Mas que preenchem nossos dias, sem nos darmos conta...

É preciso uma tragédia, para que liguemos nosso radar...


Beijos e um ótimo final de semana para voce

Anne M. Moor disse...

Flávio querido!

Que merda!!!! Que um abraço meu bem grande e apertado possa amenizar tua dor em perder um amigo tão estupidamente!!!

Big big hug

Tempestade disse...

Abraço amigo e forte pra você!
Muitas vezes para não dizer sempre, a gente não dá valor ao necessário, nesse ânsia desesperada da vida moderna. Mas o que será que tem de moderna?
A violência continua aí a solta, e o mau negociante pensou que tinha o direito de acabar com a vida de alguém assim sem mais nem menos.
Realmente todo o resto é bobagem.
Que tenhamos um dia especial a cada momento de nossas vidas que são finitas e às vezes não nos lembramos disso.
Beijos Tempestuosos!

Mariana Dore disse...

Que você aproveite não só esse seu dia especial mas como sua vida especial... Sinto muito mesmo.
Beijao

;D

e daí? disse...

ai, q triste isso! Cada vez acontecendo mais e mais perto da gente, essa violencia e a gente vivendo anestesiado meio q pra nem mais sentir, só q qdo é proximo de verdade, não tem jeito de não acordar...
bj e um bom findi

Érica disse...

dias bons, todos os dias. a gente não precisa de mais...

Luna Sanchez disse...

Lamento.

Frente à morte, vemos a vida com mais clareza, boa vontade e menos afetação.

Um beijo,

ℓυηα

Solange Maia disse...

Que pena...
Que estupidez...

E, sim, uma celebração à vida ! Afinal, é o que temos de melhor !

beijo

†Crux-εEt-ΩGladius. disse...

jeje---soy el seguidor nº 100

gladius.

SAM disse...

A violência sempre me choca, entristece. Nestas horas, fico péssima. Mas voce esta certo precisamos buscar ânimo e valorizar cada momento celebrando a vida.

Abraço

Udi disse...

Sei lá por quê, tenho a impressão de você já ter me falado de um amigo dono de posto de gasolina no interior...
Leio a notícia no dia seguinte mas não deixa de ser um dia especial.
beijo solidário

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

Meus mais profundos sentimentos.