Páginas

domingo, agosto 15, 2010

Corpo e alma - ínfima digressão pré-onírica

Então nosso corpo mortal é animado por uma energia inexplicável ... espírito, alma, .... sabe-se lá ... finita ou infinita incógnita....
... a qual se atribue maior nobreza de sensações do que ao próprio corpo, mero receptáculo e contaminante da fagulha divina.
Sentimentos nobres viriam da alma.   Sensações impuras, do corpo.
Me ocorre que algumas vezes é importante desensinar ...

11 comentários:

Tempestade disse...

E condensar sentimentos com sensações.


Beijos!

Anne M. Moor disse...

As sensações do corpo não são impuras, se não não teríamos sido criados com essas capacidades...

Beijos e bom domingo :-)
Anne

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Descuidar do corpo é lição platônica não-socrática... Sócrates sendo atleta, militar, julvaga que ensino fosse aquilo que disciplina o corpo e a alma... ;)

Carla P.S. disse...

O homem vê o mundo conforme sua óptica, designa diferentes definições para as mesmas coisas, compreende pela metade a si mesmo, e à criação...
Somos aquilo que acreditamos.( E mais...)

Um café, com a magia "nossa de cada dia".

Anônimo disse...

não são poucas as vezes que digo para mim mesma que bom é quando consigo desaprender...

beijo,

Solange Maia

udi disse...

...magina! até a ciência médica já admite que os "sofrimentos da alma" podem desencadear em danos físicos.
Fazendo um racicínio bem quadradinho, os prazeres do corpo podem (e devem) fazer muito bem ao espírito.

...era disso messs que cê tava falando, ou eu entendi tudo errado?

anyway, entrei aqui prá deixar um recado procê e prá Ti: já tem Stella Artois no estoque de cervejas!
...também tem vinho de uva carmenere.
à espera da visita de vocês :)

Sentimental ♥ disse...

nem sempre precisamos saber tudo...

Paulinha Costa disse...

Se os prazeres da carne podem nos levar até o sublime e ao êxtase não posso acreditar que seriam sensações impuras. Somos alma, mas também somos carne, a criação é perfeita e o equilíbrio é que faz desta composição o que é divino, sagrado. Desensinar não, aprender.
Em tempo:

êxtase
êx.ta.se
sm (gr ékstasis) 1 Psicol Estado de alma em que os sentidos se desprendem das coisas materiais, absorvendo-se no enlevo e contemplação interior. 2 No culto grego de Dioniso, estado de inspiração e entusiasmo religioso. 3 Arrebatamento, enlevo ou rapto dos sentidos, causado por uma grande admiração ou por um vivíssimo prazer que absorve todo e qualquer sentimento.

Batom e poesias disse...

Hehehe...

E a massagem nos pés?

bj
Rossana

Batom e poesias disse...

Hehehe...

E a massagem nos pés?

bj
Rossana

Insana disse...

Quem ama sofre e o sofrimento da alma acaba no corpo.

bjs
Insana