Páginas

sábado, agosto 21, 2010

Plataforma de governo

Por conta dos comentários simpáticos da postagem anterior, fiquei pensando em qual seria minha plataforma de governo caso resolvesse me candidatar a algum cargo executivo.
Como posicionamento inicial, ressaltaria o fato de que sou um executivo experiente, o que já é um diferencial em relação `a maioria dos competidores.
Eu gostaria de ser candidato a Presidente ou Prefeito.  Governador é um meio termo pouco interessante para quem quer, realmente, fazer alguma diferença na vida das pessoas.
Mas se fosse candidato aa Governador de São Paulo, investiria todos os meus esforços de um primeiro mandato a despoluição dos rios e ao transporte público (metrô).  Estou certo de que essas ações reduziriam os problemas de saúde e diminuiriam o estresse da população, melhorando a qualidade de vida.  E também investiria na segurança pública, melhorando salários, equipamentos e treinamento da polícia, reformando radicalmente o sistema presidiário.
Não seria necessário aumentar os impostos.  Basta cobrar de quem não paga e, quem sabe, diminuir um pouco o de quem realmente paga.  Se faltar dinheiro, sempre dá para buscar algum com a iniciativa privada.
Mas, sejamos honestos ... Quase todos os candidatos a governador dos últimos anos já prometeram essas coisas.  Ninguém mais acredita em quem promete esse tipo de coisa.
Então, talvez a melhor estratégia seja fazer o contrário.
Prometo que vou desviar verbas de todas as obras, que vou arranjar emprego para todos os meus amigos e que conduzirei todas as minhas ações no governo orientado pela minha agenda pessoal.
E, quando todo mundo estiver distraído com alguma tragédia que a imprensa decida promover para garantir a audiência e vender jornais e revistas, faço as obras `as escondidas e não conto para ninguém ...
Que tal ?

5 comentários:

Ava disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ava disse...

Flávio, definitivamente voce é meu candidato único e exclusivo...rs

Essa sua sagacidade e perspicácia é admirável.

Falando sério, é uma pena que pessoa como voce, e sabemos que existem algunos bons executivos no mercado, não façam parte do governo, e nem se candidatam a cargo algum.
Mas convenhamos que política, decididamente, não é para pessoas sérias...


Um beijo e minha admiração pelo excelente político que voce poderia vir a ser...


PS: Se decidir, me avisa, para eu poder transferir meu título para SP...rs

Única e Exclusiva disse...

Ainda assim, votaria, em VOCÊ! kkkkk

bjos, ú&e =***

Luís disse...

Eu votaria em você! Mas tenho uma sugestão na sua agenda: volte com o diploma dos jornalistas.

Batom e poesias disse...

Ok! Me convenceu!
Tem o meu voto!
Bj

Rossana