Páginas

sábado, setembro 29, 2007

Complexidade


Depois de uma sequência infinita de reuniões de "board" para finalizar os "budgets" para 2008, um pensamento me ocorre (um último, num átimo)...
Como o ser humano complica a vida !!!!
E o pior é que não consigo ter inveja das formiguinhas.
Só acho que erramos a mão... exageramos.
Alguém tem a idéia de fazer 10 mandamentos. Simples e brilhante, embora tenda a discordar de alguns.
Mais bem comportados, evoluimos. E já não bastam os 10. Criamos a Constituição.
Como ainda é pouco, legislamos e concebemos os Códigos.
Que, obviamente, se desdobram novamente em "Políticas" nas empresas.
Mas alguém precisa controlar isso tudo, atualizar, fazer cumprir, punir, etc, etc ...
E criamos estruturas cada vez mais complexas.
Um enorme estímulo à criatividade, já que a natureza humana nos compele a desobedecer.
Bem, desobedecer um dos 10 mandamentos, que todo mundo conhece, dá na vista.
Já desobedecer a Lei 14.680 do código civil pode passar desapercebido ... e ninguém irá para o inferno por isso.
É ... a complexidade tem suas vantagens.
Mas namorar na praia é melhor ...

17 comentários:

Anne M. Moor disse...

Tão melhorrrrrrr...

Jorge Lemos disse...

Vi-me lá com minha velha que me anima por mais de 50 anos com o mesma intensidade do primeiro encontro.

disse...

A clareza necessária pra entender todas essas complexidades é que é o mais difícil.

Suzana disse...

Em sua homenagem...
DEZ AVE MARIAS E VINTE PAI NOSSOS

Anistiado pelo padre João, sai da Igreja aliviado por ter bolido com Mariazinha.
Pensei com meus botões, legal,ja posso sair com Joana, mas quanto será que terei que rezar desta vez?Virgens devem sair por uns mil Pais Nossos.
Cheguei no colégio no horário e ainda tive tempo de olhar embaixo sa saia da tia de geografia.
Apenas computando, uns cinco Pais Nossos.
Na aula, puxei o sutiem de Renata, logo a minha frente, mais cinco.Palavrões foram aproximadamente o dia todo,uns 30 Creio em Deus Pai;mais 50 Pais Nossos pelas balas roubadas do "seu" Joaquim.Domingo na missa,fui perdoado novamente, e olhe que só fiquei de joelhos rezando umas duas horas!
O craque fumado, esse então foi baratinho!O padre teve dó de mim e escalou-me para um grupo de apoio, e olhe que nem precisei rezar!Ser "de menor" é cometer infrações sem precisar rezar.É bem melhor que pequenos e maus hábitos, esses sim, você tem que rezar à beça!
Meus conhecimentos permitiram o ingresso na política e novamente consegui não precisar rezar!Desviar verbas,superfaturar,receber propinas,e me candidatar novamente!

Tudo isso sem rezar!

Ernesto Dias Jr. disse...

O negócio é desconfiar, sempre, da complexidade. "Estruturas complexas" são, com raras exceções, a mistura do útil com uma montanha de lixo inútil; um quarto de despejos acumulados ao longo do tempo, na busca de alguma coisa que funcione. E que acaba NÃO funcionando.
O mesmo vale para códigos complexos (leia-se "Manual de Procedimentos" da empresa).

Raffaella Tiberio disse...

Às vezes tenho a impressão que a gente só complica pra deixar o "namorar na praia" melhor ainda....

Beijos!

Raffaella Tiberio disse...

ps: criei um blog!

disse...

Oi Raffaela,
Essa mesma ídéia me vem às vezes. O cotidiano serve tb pra valorizar as belezas que a gente teima em não ver....(esforçando-nos por buscá-las).
Bjo e prazer.

Udi disse...

Chama o Ludivico!
;)

* Suzana: você é a Suzana da qual estou me lembrando? beijos!

Anne M. Moor disse...

Ernesto, a complexidade é bem mais do que isso... Nós aqui nesta blogosfera podemos ser considerado um sistema complexo (diferente de complicado)... Somos:
um sistema aberto
coesos
dinâmicos
não-lineares
caóticos
imprevisíveis
auto-organizados
sensíveis à feedback (comentários)
adaptivos
de forma fractal
influenciados por atratores

Podemos discutir isso over a good icy beer na segunda quinzena de outubro...

Rafaella, seja bem vinda a este mundo mágico... :-)

Ti disse...

No coments... Me perdi na imagem!!!

É! disse...

namorar na praia é um tesão! e garanto que na hora ninguém vai se lembrar qual lei está sendo infringida, no máximo lembraremos da ministra Marta...

disse...

Praia é afrodisíaco.., acho que isso é unanimidade... Mar então....

Ernesto Dias Jr. disse...

A água é afrodisíaca em qualquer circustância...

Raffaella Tiberio disse...

Ah, quanto ao pessoal do teatro...não fui dura, todo mundo é louco lá, mas digo isso com um super carinho (e a intensidade...), tá? hahaha
Beijãooo!!

Suzana disse...

Udi querida, sou sim....heheheh

Saudades

bjs

Suzana disse...

Udi...gostou da frase?
"Sou eu sim...kkkkkkkkkkkkkkkk"
Espero que seja eu em sua memória!
Se não...