Páginas

sábado, junho 06, 2009

Propedêutica


- Bom dia, doutor ...
- Bom dia Sr. Roberto ... aqui está sua receita e nesse outro papel anotei alguns cuidados que o senhor deve tomar ... Leia e me diga se tem alguma dúvida por favor ...
Ainda de pé e espantado, Roberto responde:
- Mas como assim, doutor ... ainda nem lhe disse qual é meu problema !!!
- Problemas todo mundo tem, senhor Roberto. O que a gente não tem é tempo a perder. Para seus problemas, procure um psicólogo. Aqui tratamos da sua saúde.
- Mas como é que o senhor pode trata da minha saúde sem saber o que eu tenho ? - já irritado.
- Ora, senhor Roberto ... diagnóstico propedêutico ...
- Propequê ?
- Quando o senhor entrou observei que a luz do sol entrando pela janela o incomodou muito, o que é um sinal claro de fotofobia. O senhor prontamente levou a mão à têmpora direita e entreabriu os lábios de forma contraída, o que indica que está com dor de cabeça. Mesmo daqui deu para perceber a boca sêca e a língua algo amarelada. Associando isso ao suor frio na sua testa e ao tom da sua pele, é perceptível que não está se alimentando e ingerindo líquidos adequadamente, provavelmente em função de crises de enjôo. Seus movimentos estão tensos e noto sinais de hiperatividade. E, para finalizar, o senhor está ficando irritado a tôa ...
Roberto, atônito, faz menção de que vai sentar na cadeira em frente a mesa do médico.
- Não precisa nem sentar, senhor Roberto ... o senhor está com uma crise de enxaqueca.
- Mas isso é uma leviandade ... o senhor não vai me mandar fazer exames ?
- Exames, meu caro senhor Roberto, a gente só deveria fazer para diagnósticos diferenciais ou quando não temos, com o perdão da má palavra, uma puta idéia do que o paciente tem. No seu caso absolutamente não é necessário. Faça o tratamento que estou lhe indicando e em dois ou três dias já estará de melhor humor.
Roberto olha para o médico, para a receita sobre a mesa, para a janela - franzindo o cenho, e diz desalentado:
- Eu não deveria nem pagar por essa consulta !
- O senhor não vai pagar ... tem plano de saúde.
- Como é que o senhor sabe ?
- Se tivesse que pagar do seu bolso, não quereria gastar dinheiro com exames desnecessários ... E se já não tivesse assinado os formulários na recepção, não estaria colocando essa sua última afirmação no condicional. Simplesmente diria que não vai pagar e pronto. Passar bem, senhor Roberto.
Roberto sai da sala batendo a porta.
Dr. Ernesto pede à sua secretária que mande entrar o próximo paciente.
Uma morena esguia, seios pequenos, lábios carnudos e voz sensual entra na sala.
- Bom dia, doutor ...
- Bom dia, dona Amélia ... Pode tirar a roupa e deitar alí na maca, por favor.
- Mas doutor, estou aqui só para a consulta de retorno por causa daquela afta, lembra ...
- Claro que lembro, dona Amélia. Mas seria muita falta de responsabilidade minha não examiná-la com calma. A estomatite aftosa é insidiosa, a senhora sabe. Melhor prevenir que remediar depois. Não tenha pressa ... É preciso saber dedicar nosso tempo para as coisas realmente importantes ...

17 comentários:

Batom e poesias disse...

Hahahaha!
Esse médico é uma "Miss Marple" muito da sem vergonha!

Adorei
Bjs

Rossana

Suzana disse...

F.F. Tem um recado pra vc lá no Fim da rua.

bjs

Carla P.S. disse...

"De médico e louco todo mundo tem um pouco". Aceita um vinho com chocolate?
Beijos!

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

CREDO!...
Na boa? Conheço gente que passou situações bem próximas disso...infelizmente...
BJS!

Luna Sanchez disse...

Um cara prático, que sabe estabelecer (as suas) prioridades, ué. Nada de anormal. ;)

ℓυηα

gabrielle disse...

médico proactivo e inteligente, me faz lembrar você!!! :D

beijinhosssssssssssss

A.Tapadinhas disse...

Tenho um amigo que dá consultas de medicina alternativa, que faz essas deduções sherlockianas, que relatas com tanta graça...

...E acabam aí as semelhanças com o meu amigo... acho eu...

Abraço.
António

cristinasiqueira disse...

Ave!

Este Dr. gosta do que faz e tem remédio prá tudo...até despacho
para chatos longos,hipocondríacos e impacientes,viventes que mal se aguentam em pé e lábia para aftas.
Li "tudinho" de um gole só e se vc
permitir gostaria de publicar na minha página Prisma do jornal O Progresso de Tatuí o texto "Postergar e Procastinar",tem endereço certo.


Bjs,


Cris

Bela disse...

Tomara que o Roberto tenha mais sorte na próxima consulta ou procure uma médica, rsrs.
Abraços moço.

Bochechuda disse...

A Bochechuda só passou pra te dar um oi!
Bisous

Ernesto Dias Jr. disse...

Tens razão Flávio. Acho até que esse médico é autodidata...

FatiGra disse...

Nao poderia ser melhor!!!!!Adorei!!!

Ti disse...

Isso que chamo de atendimento personalizado....

Adorei!!

Érica Martinez disse...

um amigo meu passou por uma dessas esses dias... sugeri que fosse ao hospital universitário... Lá, eles fazem os exames, tim tim por tim tim...

Udi disse...

Olha: sabe que eu não duvido que ele tenha acertado no diagnóstico do Sr. Roberto?

...mas o que seria propedêutica?

Flavio Ferrari disse...

Todo mundo gosta de historinhas ...
Beijos.

Érica Martinez disse...

mandei pro meu amigo que passou por uma dessas dia desses... Peeerfeito!