Páginas

terça-feira, março 29, 2011

Brahma e a criação

As religiões Védicas e o Hinduismo produziram diversas histórias sobre a criação do mundo.  Muitas delas se referem a um criador primordial, o deus Brahma.
Brahma teria espalhado sua luz pelo universo e se tornado a essência de tudo.  Também criou o tempo e estabeleceu um ciclo de 4.320 milhões de anos de vida para o que havia criado.  Terminado esse período, toda criação deixaria de existir e um novo ciclo poderia começar.
Entretanto, consciente de sua própria ignorância e temeroso sobre o futuro de sua criacão, Brahma resolveu descartá-la,  e se fez noite.  A noite começou a produzir seus próprios filhos da escuridão, que se tornaram os primeiros demônios.
Brhama, então, decidiu recomeçar o processo criativo e concebeu o sol e as estrelas que emitiam luzes capazes de balancear a escuridão da noite.  E também criou os diversos deuses do panteão Hindu, para se contrapor aos demônios da noite.
Uma dos seres criados por Brahma para trazer luz ao mundo foi Vak (palavra).  Brhama copulou repetidamente com Vak que mudava de forma continuamente, gerando as diversas formas de vida que conhecemos.
Da "semente" de Brahma caida na terra nasceram o primeiro homem e a primeira mulher.
É por isso que se considera que Brahma está presente em todos os seres vivos.