Páginas

terça-feira, março 20, 2007

Amigo Urso


Tenho uma amiga que gosta de homens peludos. Tô fora. Puxei minha mãe, nem barba tenho.

Mas lembrei de uma antiga expressão, que há tempos não ouço: amigo urso.

Amigo urso é aquele grande e acolhedor, mas que de uma hora para outra te dá uma patada (ou coisa pior).

Uma boa idéia é reconhecer um amigo urso antes da patada. Pena que nem sempre é possível.

Quando gostamos de alguém, projetamos coisas boas e negamos todos os sinais em contrário.

Minha receita para minimizar o risco é a franqueza.

Quando a gente se acostuma com a transparência das relações, fica mais fácil identificar a falta do outro lado.

Amigo urso... só se for de pelúcia.

5 comentários:

Udi disse...

Lembro de muitas conversas ao vivo sobre este e outros assuntos correlatos, mas fico com a sensação de que perdi algum pedaço desta história... não importa, você tem a minha solidariedade.

Anne M. Moor disse...

Acho que o segredo das relações é sempre ser quem somos e não quem achamos que o outro quer que sejamos... Enfim, respeito próprio que é a base da disciplina, da boa vontade, do respeito pelos direitos, sentimentos e necessidades dos outros. Maquê a figura do ursão dá um certo sentido de acolhimento, ah isso dá... :-) Não lembramos da patada até que seja tarde demais!!!!!!!!

Amanda Arthur disse...

De acordo!

Anne M. Moor disse...

Oooooooops! Tem um 'que' a mais no meu post...

Flavio Ferrari disse...

Udi: não estava pensando em nada especial ... a foto me inspirou.