Páginas

sexta-feira, março 02, 2007

Pensamento da noite ...


Todo o encanto do mundo bem alí, sob as pequenas flores ...

9 comentários:

Anônimo disse...

Hummm...Como é boa essa sensação né Flavio?
Lú.

Flavio Ferrari disse...

Ainda acordada, moça ?

Anônimo disse...

Bando de morcegos...

Udi disse...

parece que elas estão num tecido de vestido ...de fada

Amanda Arthur disse...

Pena não olharmos para as flores com tanta frequência...

Anne disse...

Os cheiros da terra úmida, das flores... Memórias SIMMMMMMMMM Flávio... Mas delírio tbm...

Flavio Ferrari disse...

Gente inspirada ...

Gui Ferrari disse...

tem um filme chamado "all that jazz" em que o personagem que representa Bob Fosse (um dançarino de jazz) fala mais ou menos assim:
"tudo o que eu faço está errado. eu consigo errar sempre em alguma coisa.
(pausa)
quando eu olho uma rosa, ela é perfeita. completamente perfeita. não encontro defeitos.
dai eu olho pro cima e digo: como é que você consegue fazer uma coisa dessas?"

depois eu tento traduzir com o texto na frente, porque to tentando de memória...

Anne M. Moor disse...

TREES
by Joyce Kilmer 1886-1918

I think I shall never see
A poem lovely as a tree.

A tree whose hungry mouth is prest
Against the earth's sweet flowing breast,

A tree that looks at God all day
And lifts her leafy arms to pray,

A tree that may in summer wear
A nest of robins in her hair

Upon whose breast snow has lain;
Who intimately lives with rain.

Poems are made by fools like me,
But only God can make a tree